Turismo

História do Rio de Janeiro: origem, turismo e curiosidades

Publicado por Veja Notícias no dia 25/07/2021 as 18:37

A história do Rio de Janeiro é rica e cheia de curiosidades! Por isso não foi à toa que a segunda cidade mais populosa do país ganhou o status de Cidade Maravilhosa. 

Conhecida mundialmente por suas belas praias, o samba, a beleza e a alegria do seu povo, o Rio de Janeiro virou o principal destino turístico brasileiro para turistas de todo o mundo. 

Mas além dos estrangeiros, Rio de Janeiro também é frequentemente um destino escolhido para viagens curtas e escapadas de final de semana. 

Seja a passeio, negócios ou uma viagem curta, a capital carioca oferece diversas atrações para quem a visita. 

E neste texto vamos apresentar esses locais, além de contar mais curiosidades e detalhes sobre a história do Rio de Janeiro!

Conheça a história do Rio de Janeiro

A história do Rio de Janeiro começa em janeiro de 1502, quando a sua região foi encontrada pela expedição de Portugal, liderada por Gaspar de Lemos, velejando através do Pão de Açúcar. 

A tribo indígena que habitava a região eram os Tupinambás. Por acreditar que havia chegado em um  grande rio, que na verdade era uma baía, a Baía de Guanabara, ele batizou o local de Rio de Janeiro.

Mas os franceses também estabeleceram território na região, porque disputavam pelo comércio de madeira com Portugal. Assim, os portugueses instalaram serrarias no local. Após 1555, os franceses foram derrotados e expulsos na região. 

Rio foi capital da colônia

Com o crescimento da cidade, que até então era apenas um local de cultivo de cana de açúcar, o Rio de Janeiro virou capital da colônia.

Antes a capital era Salvador, na Bahia, mas a mudança para o Rio ocorreu no final do século 17, com a descoberta do ouro em Minas Gerais, e a cidade era mais próxima. 

Isso levou a um crescimento rápido da população no Rio de Janeiro. No período do Brasil Império, quando Napoleão estava no poder francês e começou a invadir países vizinhos, a Família Real fugiu para a região fluminense. 

Século 20

A partir do século 20, o prefeito do Rio de Janeiro, Pereira Passos, decidiu fazer ações de mudanças na cidade, que estava abandonada após a proclamação da República do Brasil. 

Assim, os ex-escravos que moravam nas ruas passaram a viver em cortiços e novos espaços, o que originou as favelas. 

Além disso, o prefeito também construiu patrimônios importantes, como o Theatro Municipal, a área cultural da Cinelândia, o Museu de Belas Artes e a Biblioteca Nacional.

A partir de 1960, a história da cidade do Rio de Janeiro mudou quando ela deixou de ser a capital do país. Mas as suas belezas naturais, o carnaval e pontos turísticos são referências da cidade. 

Turismo no Rio de Janeiro

Praia, sol, gente bonita, carnaval e alegria são sinônimos do Rio de Janeiro para muitas pessoas! E não é para menos, afinal a Cidade Maravilhosa é repleta de interessantes pontos turísticos que valem a pena conhecer!

Quer visitar o Rio de Janeiro mas tem dúvidas sobre quais atrações visitar? Então fique neste tópico que você irá conhecer os principais!

Pão de Açúcar

O Pão de Açúcar é um dos símbolos da história do Rio de Janeiro. Foi por ele que Gaspar de Lemos viajou e encontrou o território. 

O ideal é programar o passeio em um dia de céu limpo, subindo até o Morro da Urca, de bondinho ou a pé mesmo, seguindo uma trilha saindo da Pista Claudio Coutinho.

Cristo Redentor

Outro cartão-postal da cidade é o Cristo Redentor, ponto turístico mais amado e procurado do Rio de Janeiro. A icônica estátua foi inaugurada em 1931 no topo do morro do Corcovado. 

O monumento tem 38 metros de altura e um mirante panorâmico , que proporciona uma visão espetacular da cidade. 

Santa Teresa

O bairro Santa Teresa se tornou muito querido entre os cariocas e os turistas. Ele tem vistas muito bonitas, porque fica no alto de uma serra. Além disso, o bairro remete a uma visão do Rio de Janeiro de antigamente, com seus bondinhos.

O Santa Teresa virou ponto de encontro de intelectuais, artistas, acadêmicos, devido aos passeios históricos e culturais na região. 

Copacabana

Inspirado na Praça do Rocio, em Lisboa, o calçadão de Copacabana está na praia mais famosa do Brasil. Caminhar pelo local vale a pena, e quando cansar, basta dar paradinha para tomar uma deliciosa água de coco. 

Mas outros atrativos também estão no calçadão, como o Mirante do Leme e o Forte de Copacabana, que estão nos extremos da praia. 

.Ipanema 

Quase impossível falar da praia de Copacabana sem lembrar de outra famosa no Rio de Janeiro: Ipanema. Aliás, ela se tornou símbolo da bossa nova, com a clássica música “Garota de Ipanema”, de  Tom Jobim e Vinicius de Moraes.

Com isso, a praia se tornou uma das mais conhecidas no mundo e o Rio de Janeiro inspirou muitas outras canções. 

Maracanã

Quem é fã de futebol não pode deixar de conhecer o  Estádio do Maracanã! Após a sua reforma para a Copa do Mundo de 2014, ganhou maior estrutura de ponto turístico e cultural da cidade, mesmo em dias que não ocorrem jogos ou shows.

Há uma visita guiada, mostrando o  gramado, vestiário, arquibancadas, sala de imprensa, a tribuna de honra, o Museu do Futebol e o Hall da Fama, com as marcas dos pés de jogadores famosos.

Lagoa Rodrigo de Freitas

Localizada na Zona Sul do Rio, a Lagoa Rodrigo de Freitas é perfeita para um passeio durante o dia. Sua bela paisagem permite caminhar, correr ou pedalar ao longo de seus 8 km de perímetro. 

Os visitantes também podem andar de pedalinho na lagoa, e visitar os restaurantes ao redor, para apreciar uma deliciosa comida carioca. 

Pedra da Gávea

Por fim, a Pedra da Gávea é outro cartão postal do Rio de Janeiro que merece uma visita. Localizada dentro do Parque Nacional da Tijuca, ela tem 844 metros acima do mar e os aventureiros encaram a sua escalada e trilha.

Curiosidades Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro tem muita história, beleza e cultura, mas também apresenta curiosidades que muita gente nem imagina. Veja algumas delas. 

O rio na verdade, é uma baía

Apesar do Rio de Janeiro, sua localização não está em um rio. Na verdade, o local se trata de uma baía. Ou seja, é uma porção de mar ou oceano rodeada por terra, e não um curso natural da água. 

Essa nomeação ocorreu por engano, quando Gaspar de Lemos chegou à região e achou que era um grande rio. Mas mesmo com o engano, o nome reflete a poesia e a beleza da Cidade Maravilhosa. 

Grande parte das escolas de samba estão na favela

Você sabia que a maioria das escolas de samba do Rio ficam nas favelas? Como existem mais de mil comunidades , com um quarto da população carioca morando nelas, é natural que essa manifestação cultural exista em grande número nos locais. 

As escolas de samba tiveram origem desde o século 19, quando ex-escravos que moravam nas favelas criaram o samba.

Entre as escolas que estão na favela se destacam a Mangueira, Salgueiro e Unidos da Tijuca, por exemplo. 

Cristo redentor é uma das maravilhas do mundo

Anteriormente você leu mais sobre o Cristo Redentor, um dos grandes símbolos da história da cidade do Rio de Janeiro. E sua grandiosidade o fez ganhar o título de uma das 7 novas maravilhas do mundo. 

Em 2007, a estátua do Cristo Redentor foi reconhecida como maravilha do mundo, junto com o Coliseu de Roma e o Taj Mahal, na Índia. 

A palavra carioca significa “casa do homem branco”

O termo carioca, que batiza a pessoa que nasce na cidade do Rio de Janeiro, tem origem indígena, do tupi-guarani, e quer dizer “casa do homem branco”. 

A expressão “Kari’Oka” era usada pelos índios, que se referiam a cidade que os colonizadores portugueses construíram suas terras. Em outras palavras, significa a casa do homem branco.

Portanto, além da interessante história do Rio de Janeiro, a cidade oferece diversos atrativos e pontos turísticos que agradam aos diversos tipos de apaixonados por viagens, se tornando referência em todo o mundo.

Veja Notícias

Veja Notícias

O Veja Notícias é um portal de variedades para leitores de todo o Brasil.

Outros artigos