Publicado por Veja Notícias no dia 06/04/2021 as 18:08

Que a tecnologia está cada vez mais avançada não é novidade para ninguém. Entretanto, este cenário vem trazendo novas e práticas realidades, como o uso de equipamentos como as impressoras 3D.

Sendo capazes de romper barreiras que antes pareciam ser impossíveis de serem alcançadas, ficam as perguntas: Como as impressoras 3D vão mudar o mundo? Como elas vão nos ajudar em nossas atividades?

Pensando em como responder a estas e outras perguntas sobre este aparelho, vamos, com este post, lhe mostrar alguns de seus aspectos, tais como a descrição de seu funcionamento, variedade de modelos existentes, dentre outros.

Impressoras 3D: Funcionamento da tecnologia

As impressoras de tecnologia 3D apresentam uma nova forma de se pensar no processo de criação e desenvolvimento de objetos físicos, tendo em vista que possuem por principal característica serem capazes de reproduzi-los a partir de camadas em tridimensionais.

Com isso, podemos notar uma evolução em relação a modelos como impressoras de papel como as impressoras zebras, por exemplo. Sendo assim, fica evidente que, por conta de seu alto valor agregado, necessitam de um controle de patrimônio capaz de garantir a segurança de tais equipamentos.

Tipos de impressoras 3D

Existem diferentes tipos de impressoras com esta configuração, dentre os quais se destacam:

Extrusão

Sendo o modelo mais utilizado, é realizado por um extrusor, responsável por liberar camadas de plástico aquecido. Também se caracterizam por possuírem uma relação custo x benefício mais vantajosa quando comparadas aos demais modelos de sua categoria.

Estereolitografia

Funcionando a partir do estímulo preciso, é capaz de endurecer resinas sensíveis à luz. Entretanto, possuem a limitação de fabricarem objetos que posteriormente irão necessitar de algum acabamento. Geram objetos físicos que precisam de algum acabamento.

Por luz

Atuando de forma parecida com as impressoras dos modelos estereolitográficos, utiliza uma fonte composta de luz para enrijecer material.

Síntese a laser

Constituídas por altas temperaturas, são capazes de produzir objetos tendo como referência materiais de impressão em pó e vácuo.

Sintetização Seletiva

São classificadas dessa forma por conta da força e potência dos lasers que utilizam, sendo utilizadas quando se necessita desenvolver objetos tendo como matéria-prima itens como vidros, cerâmica, nylon e metais com alto consumo de energia.

Considerações finais

Como podemos perceber, mais do que uma simples tendência, as impressoras 3D passaram a ser uma realidade para muitas pessoas. Isso porque, com sua tecnologia avançada, proporciona uma facilidade em se ter algo disponível em muitas situações.

Neste sentido, vemos também que tal equipamento possui uma grande variedade tanto em seus modelos quanto na capacidade de produção de diferentes itens. Isso faz com que se tornem um grande atrativo para aqueles que prezam por aliar tecnologia à praticidade em seu cotidiano.

Fique por dentro das novidades

Gostou do conteúdo deste post? Percebeu que as impressoras 3D podem facilitar e muito a sua vida? Então continue acessando os materiais produzidos em nosso blog, e fique por dentro das novidades do mercado da tecnologia.

Veja Notícias

Veja Notícias

O Veja Notícias é um portal de variedades para leitores de todo o Brasil.

Outros artigos

O que um advogado civil faz?

10 de junho de 2021

O que um advogado civil faz?

Dentre a série de especializações na área do Direito, tem o direito civil, o direito constitucional, o direito do trabalho e o direito penal, tendo ainda, várias su...