Saúde

Subdivisões da área de Radiologia: Conheça Todas!

Publicado por Veja Notícias no dia 17/06/2021 as 16:14

A radiologia é uma área da medicina que possui muitas tecnologias, cada um com seu objetivo e benefícios, são as subdivisões da radiologia.

Essa tecnologia pode ser utilizada de diversas maneiras para o diagnóstico de um paciente, ou até mesmo para o seu tratamento.

Portanto, continue lendo o artigo até o final para entender quais são as subdivisões da radiologia e seus benefícios.

A radiologia e suas subdivisões

É muito comum quando falamos de radiologia a pessoa pensar apenas no Raio-X. Mas, na verdade a radiologia é muito mais do que isso. É uma especialidade que utiliza diversos tipos de radiação para que seja possível um diagnóstico.

Ainda, em alguns casos, essas radiações podem ser utilizadas também para fins terapêuticos. É uma área muito utilizada na medicina, mas não se limita a isso, podendo ser utilizada na odontologia, na área metalúrgica e até mesmo para esterilização de lugares.

Sendo assim, é uma das áreas da medicina que mais evolui por ter muitos benefícios, tanto para as clínicas e hospitais, quanto para os pacientes que precisam dela. Por isso, cada vez mais profissionais se especializam nessa área.

Em geral, a área mais comum da radiologia diz respeito ao diagnóstico por imagem. O profissional que tem essa especialidade é um médico formado em medicina, e que faz residência médica na área de radiologia e diagnóstico por imagem.

Sendo assim, o profissional possui conhecimento não só sobre a utilização dos aparelhos necessários, mas também sobre a anatomia humana, para poder interpretar os resultados.

Quais são as subdivisões da radiologia?

Em geral, podemos separar a radiologia médica em diagnóstico por imagem, ou radiologia intervencionista. Essa última utiliza a radiografia para o tratamento de doenças.

Quando falamos da radiografia para diagnóstico por imagem, temos várias áreas e exames diferentes que utilizam essa tecnologia. Por isso, separamos aqui as principais subdivisões da radiografia.

Raio X

Sem dúvidas, o primeiro exame que vem na mente de todos quando falamos em radiologia é o raio x. Pois, é o exame que deu origem à essa área da medicina e continua até hoje sendo muito importante para o diagnóstico médico.

Essa tecnologia utiliza a radiação ionizante para tirar radiografias das mais diferentes partes do corpo humano. A ideia é que a radiação ionizante evidencie possíveis anomalias e fraturas no nosso corpo.

Hoje em dia, temos os aparelhos mais modernos que utilizam a tecnologia digital, e permitem que haja uma redução na exposição, tanto do paciente, quanto do técnico presente no local.

Pois, um dos problemas da radiologia é a exposição que a pessoa sofre a essa radiação ionizante, que pode vir a ser prejudicial no futuro caso seja muito intensa.

Então, com novas tecnologias, tornou-se possível reduzir um pouco essa radiação, tornando o raio -x mais seguro para todos envolvidos. Inclusive, hoje em dia, é possível, a partir da telerradiologia, fazer a emissão de laudos à distância.

Mamografia

Essa é a radiogradia das mamas, que é muito utilizada para a prevenção do câncer de mama, sendo um procedimento que também utiliza a radiação ionizante para obter imagens do corpo. Mais especificamente, nesse caso, das mamas.

Com esse exame é possível identificar qualquer alteração no tecido mamário, mesmo que pequena como, por exemplo microcalcificações.

A realização desse exame permite o diagnóstico rápido, evitando que evolua para uma doença mais grave, como o câncer de mama.

Tomografia computadorizada

Outra subdivisão da radiologia é a tomografia computadorizada, que teve início nos anos 70 e hoje em dia é um dos exames mais utilizados para diagnóstico.

É na verdade uma evolução da tecnologia utilizada para realizar o exame de raio x, porque ele consegue capturar centenas de radiografias e imagens da área que está sendo analisada.

Então, é um aparelho que tem um tubo, onde o paciente fica no centro durante o exame. O tubo gira 360º em torno do paciente, emitindo a radiação iônica para obter as imagens necessárias.

Inclusive, hoje em dia, alguns tomógrafos são muito modernos permitindo registros em 3D ao sobrepor imagens transversais.

Ressonância magnética

Esse aparelho também é muito utilizado, e muitas pessoas confundem com a tomografia. Mas, primeiro, a ressonância não utiliza a radiação ionizante como tecnologia para obtenção de imagem.

A tecnologia utilizada é a magnética, pois utiliza-se um campo magnético para que seja possível a captura de imagens de dentro do nosso organismo.

As imagens geradas com essa tecnologia são muito precisas e tem uma excelente definição, sendo capaz de identificar qualquer anomalia nos nossos órgãos, ou outras estruturas anatômicas do nosso corpo.

Densitometria óssea

Esse exame utiliza um aparelho de raio-x um pouco diferente. O aparelho se chama DEXA, que significa Densitometria por Raios-X de energia dupla.

Com isso, é possível colher imagens em corte das nossas estruturas ósseas, tendo o registro de todos os ângulos necessários para um bom diagnóstico.

Então, esse exame é muito utilizado para diagnóstico de doenças nos ossos, como por exemplo a osteoporose, que gera uma redução na massa óssea.

Sendo assim, é possível identificar a densidade dos ossos a partir desse exame, para que o médico veja se ela está dentro do normal ou não.

Medicina nuclear

Por último, a medicina nuclear, que utiliza a radiação não apenas para diagnóstico, mas também para tratamentos. São muitos exames que fazem parte da medicina nuclear, mas um dos principais é a cintilografia.

Esse exame utiliza radiofármacos que são absorvidos pelos nossos órgãos. Com isso, com o equipamento correto, é possível captar a radiação que esses fármacos emitem pelos nossos órgãos para que seja possível o diagnóstico.

Outro exame é a tomografia por emissão de pósitrons, que é um exame que tem como objetivo mostrar a atividade metabólica do nosso organismo.

Conclusão

Então, agora que você sabe as principais subdivisões da radiologia deu para entender um pouco melhor como funciona essa área da medicina que só cresce.

Cada vez mais essa área avança, como por exemplo, com a telerradiologia, que permite a emissão de laudos à distância.

E aí, você já conhecia todas essas subdivisões da radiologia? Conta pra gente qual você já conhecia!

Veja Notícias

Veja Notícias

O Veja Notícias é um portal de variedades para leitores de todo o Brasil.

Outros artigos

Colágeno e seus benefícios

4 de agosto de 2021

Colágeno e seus benefícios

O Colágeno também conhecido como colagênio, é a proteína que tem a função de deixar a pele do corpo mais firme e proporcionar a elasticidade adequada. Essa proteína...