Saúde

Calvície masculina: Tudo o que você precisa saber

Publicado por Veja Notícias no dia 16/09/2021 as 21:26

A calvície masculina é um problema que pode surgir logo na adolescência. Porém, sempre existe questionamentos e dúvidas como as do tipo calvície tem cura ou existe tratamento para calvície? Mas antes de aprofundarmos no assunto precisamos entender melhor o que é a calvície.

O que é calvície?

A calvície masculina refere-se a uma perda de cabelo nos homens. Acontece quando os níveis hormonais mudam ao longo da vida de um homem, e especialmente quando mais velho. Estima-se que afeta metade de todos os homens até os 50 anos são acometidos por esse problema.

Embora seja uma parte natural do processo de envelhecimento de milhões de homens, a queda de cabelo ainda sim pode ser psicologicamente angustiante. Além disso, a queda repentina ou inesperada do cabelo pode até ser indicativo de um problema de saúde mais grave que pode precisar de cuidados médicos.

Entenda resumidamente sobre as causas da queda de cabelo.

Quais são as causas da calvície masculina?

Os homens normalmente perdem seu cabelo quando três fatores principais interagem: genética, idade e hormônios.

Também conhecida como alopecia androgenética, a calvície de padrão masculino acontece quando os níveis hormonais mudam ao longo da vida de um homem.

Calvície genética

Fatores genéticos também afetam a probabilidade da calvície de padrão masculino e contribuem para o encolhimento gradual das pequenas cavidades da pele na base dos cabelos, conhecidas como folículos capilares. Com esse encolhimento, os cabelos crescem cada vez mais curtos e finos até que não cresçam novos pelos.

Calvície é hereditária?

A maioria dos homens brancos desenvolve algum grau de calvície, de acordo com sua idade e constituição genética. A calvície hereditária masculina afeta até metade dos homens brancos aos 50 anos de idade e até 80% dos homens do mesmo grupo aos 70 anos de idade. Outros grupos étnicos, tais como os amarelos, são menos afetados. Além disso, homens com mais parentes de primeiro e segundo grau que perdem o cabelo têm maiores chances de também sofrer com a queda de cabelo.

Problemas de saúde relacionados a calvície masculina

De acordo com pesquisas, a queda de cabelo nos homens pode estar ligada ao câncer de próstata, diabetes, colesterol alto, obesidade e hipertensão arterial. Outras possíveis condições de saúde que podem estar ligadas à queda de cabelo são  lúpus, infecções fúngicas, ou problemas na tireoide.

Por outro lado, ela pode ocorrer como reação ao estresse, após uma doença ou uma grande cirurgia, ou como efeito colateral de alguns medicamentos, como anticoagulantes e suplementos de vitamina A.

Outras causas para a calvície

Além destas, são outras possíveis causas:

  • Deficiência de ferro;
  • Excesso de vitamina A, possivelmente como resultado de medicamentos retinóides;
  • Doenças crônicas graves, tais como diabetes ou lúpus;
  • Desnutrição;
  • Uso de anticoagulantes;
  • Um distúrbio do ciclo de crescimento do cabelo conhecido como Eflúvio Telógeno.

Várias mudanças genéticas foram ligadas à calvície de padrão masculino, mas apenas uma foi confirmada pela pesquisa, o gene receptor de androgênio.

Além disso, outras pesquisas sugeriram que uma quantidade anormal de uma proteína chamada prostaglandina D2 no couro cabeludo de alguns homens poderia ligar a Fonte Confiável à queda de cabelo.

Qualquer pessoa que esteja preocupada e queira entender com mais detalhe tudo sobre a queda de cabelo, vale a pena dar uma lida mais a fundo no tema. Se estiver preocupado que a perda de cabelo possa ser um sintoma de algum outro problema de saúde, você deve consultar um médico.

Tratamento para calvície

Muitos homens vêem a queda de cabelo como uma parte natural do envelhecimento, e não acham que haja a necessidade de um tratamento para calvície.

Entretanto, a queda de cabelo pode desencadear efeitos psicológicos negativos, como a baixa auto-estima. Em alguns, ela pode contribuir para a depressão. Por isso, listamos alguns tratamentos de queda de cabelo disponíveis para ajudar a reduzi-la.

Remédios para calvície

Alguns medicamentos são normalmente utilizados para ajudar no tratamento da calvície masculina.

Minoxidil para calvície masculina

O Minoxidil é um tratamento tópico aplicado ao couro cabeludo. Está disponível principalmente nas farmácias, geralmente nas versões de monoxidil loção capilar ou espuma, mas também pode ser encontrado em outros formatos, até como comprimido.

Quanto tempo o minoxidil para calvície leva para fazer efeito?

O uso do Minoxidil pode demorar um certo tempo, como de 3 a 6 meses para que os resultados apareçam, e a medicação deve ser usada indefinidamente para preservar os efeitos. Além disso, podem ser percebidos alguns efeitos colaterais como problemas de pele, tais como coceira e irritação, inchaço, sensibilidade e dermatite de contato.

Efeitos colaterais do minoxidil

Há ainda efeitos colaterais mais raros, como visão embaçada, dor no peito, batimento cardíaco rápido ou irregular, rubor, dor de cabeça, atordoamento, entre outros.

Por isso, o ideal é saber tudo sobre o Minoxidil e inclusive procurar atendimento com um especialista antes de iniciar o uso, mesmo não sendo um medicamento que não requeira receita, para se ter certeza de que este é o melhor tratamento para o seu caso.

Finasterida e dutasterida

A Finasterida é um tratamento oral disponível somente sob prescrição médica. É um inibidor da redutase de 5-alfa. Ela previne a dihidrotestosterona (DHT), um hormônio masculino que desempenha um papel no encolhimento dos folículos capilares do couro cabeludo. A droga bloqueia a formação deste hormônio no couro cabeludo, retardando a progressão da calvície relacionada à DHT.

Quanto tempo demora para a finasterida e dutasterida fazer efeito?

Os efeitos podem demorar mais de 6 meses para aparecer. O comprimido de 1 miligrama (mg) deve ser tomado geralmente uma vez por dia por pelo menos 3 meses.

Efeitos colaterais da finasterida e dutasterida

Se o comprimido for interrompido, os efeitos serão revertidos. Em casos raros, a finasterida pode causar disfunções sexuais, como a redução da libido, disfunção erétil e problemas de ejaculação.

Há ainda outros possíveis efeitos, como:

  • Sensibilidade ou aumento das mamas;
  • Erupção cutânea;
  • Inchaço dos lábios, da língua, ou do rosto;
  • Dor abdominal;
  • Dores nas costas;
  • Diarréia;
  • Vertigem;
  • Dor de cabeça.

A Dutasterida, por sua vez, é semelhante à Finasterida. Por serem medicamentos que requerem prescrição médica, você só poderá usá-los, ou mesmo entender qual é o melhor para você, mediante atendimento com especialista.

Outros tratamentos para a calvície masculina

Outros possíveis tratamentos para a queda de cabelo são os transplantes, o tratamento a laser ou com luz azul, e até hábitos mais saudáveis, alguns funcionando melhor para uma ou outra pessoa do que outros.

Veja Notícias

Veja Notícias

O Veja Notícias é um portal de variedades para leitores de todo o Brasil.

Outros artigos

O que é CDI?

13 de julho de 2021

O que é CDI?

O que é CDI? No artigo de hoje vamos te explicar tudo sobre esse tipo de empréstimo. Quem está buscando informações sobre investimentos, como aposentadoria priva...