Saúde

A importância do pilates para a saúde física e mental

Publicado por Veja Notícias no dia 04/02/2021 as 10:27

Algo que é bastante falado no campo da saúde, dentre os profissionais, é que a prática de atividades físicas traz uma série de vantagens para o corpo e a mente. Com isso, a adesão às práticas físicas e a compreensão sobre a importância do Pilates, por exemplo, dentre outras atividades que vem ganhando destaque, se tornam mais frequentes e cruciais.

Cabe ressaltar neste ponto que exercitar-se frequentemente não se restringe a apenas um tipo de exercício, permitindo que as pessoas escolham dentre diversas atividades – conforme a que é mais indicada para sua necessidade, perfil e gosto.

Ou seja, para uma vida mais saudável, seja uma prática ?mais tranquila? ou exercícios super intensos, estimular o praticante a não ficar parado é o mais importante.

Dentre as possibilidades há os que preferem corrida, musculação, prática de esportes competitivos, Yoga ou mesmo o Pilates.

O ideal é não deixar o corpo parado, o que contribuiria com o sedentarismo.

Para isso é necessário acostumar o corpo a passar por exercícios de alongamento e força, como a atividade que será praticada gradualmente, para queima de calorias e melhor resposta do organismo.

Ao falar deste modo, pode até parecer um trabalho árduo, mas a verdade é que ao introduzir um exercício aos poucos na rotina pode-se trazer diferentes benefícios ao corpo, bem como tornará a atividade cada vez mais fácil e poderosa.

Para se ter uma ideia disso, a importância do Pilates, por exemplo, é trabalhar diferentes partes do corpo utilizando o seu próprio peso para a atividade, o que diminui muito a dificuldade de se exercitar, além de auxiliar no relaxamento, alongamento e força.

O Pilates foi criado em 1920 por um homem chamado Joseph Pilates, com o objetivo de exercitar o equilíbrio entre corpo e mente.

Para isso, uma série de exercícios físicos que trabalham diferentes partes do corpo foram desenvolvidas, auxiliando na resistência muscular, controle de respiração, desenvolvimento da coordenação motora e concentração na execução dos movimentos.

Por conta disso, essa prática beneficia corpo e mente, proporcionando saúde e bem-estar por meio do treinamento em sequência de movimentos, respiração, alongamentos e equilíbrio.

A importância do Pilates é vasta, trazendo benefícios, como:

  • Emagrecimento;
  • Relaxamento;
  • Mais concentração;
  • Alívio de dores musculares;
  • Manutenção da postura;
  • Prevenção de doenças.

Além disso, um estudo feito pela Universidade de Illinois, em Urbana-Champaign (EUA), comprovou que a função cerebral após a prática de Pilates é significativamente maior quando comparada à atividade desse órgão naqueles que praticam outros tipos de exercícios, como o aeróbico.

Por conta de uma rotina caótica, as pessoas ficam cada vez mais estressadas e buscam maneiras de suavizar essa tensão e adquirir hábitos mais saudáveis. Para contribuir com a melhora da saúde mental e corporal, o pilates é muito recomendado.

Conheça neste artigo a importância do Pilates e os benefícios que introduzir uma rotina de exercícios pode agregar em sua saúde.

Como é a prática de Pilates?

Antes de abordar os exercícios de Pilates propriamente ditos, é importante destacar que eles precisam ser feitos de maneira correta para não causar uma lesão.

Deste modo, mesmo com a adesão da prática da atividade em casa, é importante que haja compreensão dos movimentos, bem como a consulta ou auxílio de um instrutor.

Afinal, assim como cuidar dos dentes é imprescindível para a saúde – e deve ser feito regularmente, inclusive o acompanhamento profissional -, adquirir novos hábitos como o Pilates também pode ser feito em casa, desde que haja indicação ou supervisão.

Para uma prática mais efetiva, é crucial se atentar a alguns fatores e um deles é em manter a respiração adequada. Além disso, o nível elevado de concentração e postura correta ao fazer os movimentos é crucial.

Já para os exercícios feitos no chão, o recomendado é a utilização de um tapete para amenizar o impacto com o solo.

Existem dois tipos de Pilates: o de solo e o de aparelhos.

O primeiro é considerado mais difícil, pois é utilizado apenas o peso do corpo, exigindo do aluno um maior controle dos movimentos e dos músculos. A sua vantagem é que pode ser praticada em qualquer lugar, como na própria casa.

Já no segundo modelo são utilizados instrumentos para o exercício. Basicamente, esses itens possuem em sua estrutura molas para facilitar movimentos, especialmente de pessoas com limitação física.

Aparelhos mais utilizados no Pilates

Como abordado no tópico anterior, diversos equipamentos podem ser utilizados para auxiliar na prática do pilates – sejam eles para intensificar ou suavizar o exercício.

Conheça alguns dos equipamentos nos tópicos a seguir:

Cadillac

O Cadillac é um dos aparelhos mais famosos no Pilates. Ele foi inspirado nas camas de hospital, com uma base estável, barras e alças ajustáveis para diferentes alturas e locais para prender as molas.

Na prática, esse equipamento permite a realização de exercícios aéreos e atividades para membros superiores e inferiores.

Ladder Barrel

O Ladder Barrell lembra um barril, mas com uma escada acoplada no aparelho.

Com ele é possível fazer alongamentos e exercícios de fortalecimento do tronco, membros superiores ou globais. Por sua forma arredondada, ele também ajuda no trabalho de equilíbrio.

Step Chair

Inspiradas nas cadeiras, a Step Chair permite uma série de exercícios diferentes, trabalhando pernas, braços ou mesmo o tronco em exercícios abdominais.

Bola Suíça

Por ter uma base instável, ela é frequentemente utilizada em exercícios de equilíbrio, mas pode servir como peso em alguns exercícios utilizando outros aparelhos.

Reformer

Bastante semelhante a uma cama, o Reformer tem uma parte deslizante conectada às molas, permitindo a regulagem no nível de dificuldade do exercício.

Com esse equipamento é possível exercitar diferentes partes do corpo, como braços, troncos e pernas.

Faixa

A Faixa é feita de elástico e é utilizada para exercícios no chão.

Basicamente, elas agem como molas para dar suporte em exercícios de resistência envolvendo membros inferiores e superiores.

Meia Lua

A Meia Lua é uma plataforma acolchoada que faz uma curva, possibilitando a prática de vários exercícios. Este item é frequentemente utilizado para trabalhos de alongamento e flexibilidade da coluna vertebral, assim como os exercícios feitos no solo.

Rolo

A função principal do Rolo é massagear a musculatura da coluna vertebral e a da parte lateral da coxa.Também é utilizado em exercícios que trabalham o equilíbrio do tronco.

Efeitos do Pilates para a saúde mental

A prática de exercícios, de uma forma geral, traz mais bem-estar, portanto, mais alegria para as pessoas.

Isso acontece por conta da liberação de endorfina, que melhora a comunicação nas sinapses cerebrais e os efeitos desse hormônio no corpo.

Além de melhorar a disposição, o hábito de se exercitar traz uma visão de mais leveza, alegria e disciplina. Mas, olhando a fundo, dentro da prática do Pilates, existem elementos mais voltados a esse tipo de trabalho pessoal.

Em uma publicação do site Complementary Therapies In Medicine (Terapias Complementares na Medicina), um estudo estatístico apontou melhoras significativas quanto à saúde mental na prática de Pilates.

A análise foi de caráter comparativo sobre pessoas praticantes do exercício e outras sedentárias, entre jovens e idosos.

Os resultados foram de redução de até 81% dos sintomas de depressão e 46% dos sintomas de ansiedade, além de uma redução significativa na fadiga e aumento de energia.

De acordo com o estudo, a prática de Pilates traz interação social, o que ajuda pessoas com depressão a terem uma quebra no isolamento social e, gradualmente, vão sentindo um alívio em sua saúde mental.

No caso da ansiedade, o ato de fazer exercícios de respiração profunda traz relaxamento ao organismo que está acostumado em lidar com pressão constantemente, tanto de forma física como mental.

Mais ainda, o Pilates também contribui em outros aspectos na saúde mental. O treinamento da cognição, por exemplo, quando o exercício estimula o cérebro a automatizar um movimento e amplia a coordenação.

Nesse contexto, em que será necessário a fixação do movimento de algum membro corretamente e pensar na melhor forma de respiração (inspirar pelo nariz e expirar pela boca, principalmente em momentos de respiração descontrolada), há contribuição para a regulação da linha de raciocínio e da própria respiração.

Interligado à cognição, desde a automatização até o próprio movimento, há a necessidade de concentração.

Assim o Pilates, por meio de sua prática, também propicia uma melhora no foco e realização de tarefas (disciplina), o que pode trazer vantagens em outros momentos do dia, quando é necessário um raciocínio claro, mesmo que em uma situação adversa.

Inclusive, por esse motivo, é uma atividade recomendada para os provedores de Distúrbio de Déficit de Atenção (DDA).

Para além desses fatores, há uma parcela de pessoas que também buscam os exercícios por questão estética, em busca de manutencionar a imagem e saúde.

Assim, do mesmo modo que cuidam da saúde bucal para ter um belo sorriso, as pessoas podem praticar o Pilates como um exercício complementar e de regulação.

Ter um corpo e/ou os dentes bonitos pode melhorar a autoestima e ampliar a saúde mental.

Pilates e saúde bucal

Considerando a importância da prática de exercícios para a saúde geral, bem como do cuidado com a cavidade oral para a regulação do organismo, é importante relacionar a importância da prática do Pilates para a saúde bucal, seja no cuidado diário ou ao buscar por convênios e profissionais.

Manter uma vida saudável e se preocupar com o corpo, mente e boca é essencial e está relacionado.

O Pilates, uma prática física, contribui com o bem-estar da cabeça e do corpo.

Assim como não pode passar batido a saúde bucal, que, com convênios odontológicos, os procedimentos, tratamentos e observação do profissional podem ser acompanhados e tratados adequadamente. Ou seja, um belo sorriso é garantido.

Basicamente, o cuidado com os dentes impacta na saúde do corpo, contribuindo com a imunidade geral e possibilitando uma regulação melhor com a prática do exercício.

Do mesmo modo, a atividade pode influenciar no equilíbrio da cavidade oral, contudo, podendo demandar cuidados para a proteção dos dentes.

A saúde bucal é algo essencial, assim como alimentação e prática de exercícios, além da higienização correta e regular, servindo como os pilares para uma saúde e vida equilibradas.

Afinal, a boca e um dos principais meios de acesso de nutrientes para fortalecimento do corpo, mas também para a entrada de vírus e bactérias – que encontram nesse local o ambiente perfeito para reprodução.

Isso ocorre, principalmente, se não houver outras atividades que podem contribuir para o fortalecimento do corpo e imunidade; bem como para a regulação dos pensamentos e disciplina geral.

Assim, procurar formas de tornar o Pilates um hábito e manter a segurança do bem-estar é crucial.

Desse modo, seja uma matrícula em academias, estúdios de Pilates, acompanhamento de um instrutor ou mesmo um aplicativo voltado para a prática, o bem-estar e saúde serão favorecidos.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Ideal Odonto, empresa especializada em planos odontológicos com atendimento acessível para devolver o sorriso dos pacientes.

Veja Notícias

Veja Notícias

O Veja Notícias é um portal de variedades para leitores de todo o Brasil.

Outros artigos

Cartão Lanistar: O Que é e Como Funciona?

12 de abril de 2021

Cartão Lanistar: O Que é e Como Funciona?

Você conhece o cartão Lanistar? Além de possuir um APP, é considerado o cartão de crédito mais seguro do mundo, além disso, no Lanistar é possível ter 8 cartões em...

Quais os tipos de tratamentos capilares?

1 de fevereiro de 2021

Quais os tipos de tratamentos capilares?

Manter o cabelo bonito e saudável não é uma tarefa fácil, principalmente quando se faz procedimentos que deixam química nos fios. Muitas pessoas recorrem a produ...