Saúde

5 dicas de cuidados para prevenir dores de dente

Publicado por Veja Notícias no dia 21/07/2021 as 21:21

Todas as pessoas precisam tomar os devidos cuidados para prevenir a saúde dos dentes e do corpo. Isso significa ter atenção ao consumo de alimentos apropriados, manter uma dieta balanceada e a higienização com uso de escova com cerdas macias.

Essa preocupação serve como alerta para evitar doenças e dores de dente, que podem ser ocasionadas por diversos fatores, como:

  • Problemas de posicionamento dos dentes;
  • Cáries e placas bacterianas;
  • Hipersensibilidade;
  • Doenças respiratórias.

A má-formação dos dentes de leite pode ser ocasionada pelo excesso de uso de chupeta, o que desalinha o direcionamento dos dentes permanentes. Com isso, a dor pode aparecer a partir dos seis anos, até chegar o momento de usar um aparelho ortodôntico.

O uso de escova de dente, fio dental e enxaguante bucal, ou a ausência dessa higienização de forma correta, pode acumular restos de alimentos, provocando cáries, placas bacterianas e tártaro.

A hipersensibilidade pode ter diversos fatores, inclusive estresse mental e o tensionamento da estrutura. Desse modo, uma xícara de café quente, um picolé ou uma água gelada pode provocar uma dor que atinge toda a arcada dentária.

As doenças respiratórias, como bronquite e asma, também podem provocar o aparecimento de sinusite, que inflama a parte superior do maxilar, atingindo as raízes superiores dos dentes.

A seguir serão apresentadas 5 dicas que podem ajudar pessoas que estão passando por tratamentos odontológicos distintos a reduzir a dor, bem como evitá-las.

1.  Evite alimentos muitos duros ou crus

Uma mordida indevida em um produto alimentício cru, como uma cenoura, uma maçã ou mesmo uma barra de chocolate pode provocar uma dor lancinante.

Assim, é preciso evitar esse tipo de ação, dando preferência a alimentos macios e de acordo com a possibilidade de ser consumido.

Há casos em que uma mordida pode resultar em um dente quebrado, exigindo a intervenção odontológica de um profissional.

Assim, após a avaliação e as condições da arcada dentária, um implante dentário não pode ser descartado.

Mesmo com esse tipo de tratamento sendo adequado em diferentes casos odontológicos, os cuidados com alimentos crus ou muito duros deve ser recorrente.

2.  Abandone o hábito de roer unhas

Para manter o sorriso bonito e não sofrer com a sensibilidade dos dentes, muitas pessoas procuram uma clínica odontológica para verificar as opções disponíveis para evitar dores de dente enquanto consome um produto quente ou frio.

A aplicação de lâminas ultrafinas de cerâmica sobre superfície dos dentes, também conhecidas como lente de contato dental, é uma solução prática e que não demanda muitas sessões, melhorando também a estética do sorriso.

Esse é um tratamento que não vai infringir nenhuma dor ao paciente, pois as lâminas são produzidas em tamanho personalizado, conforme a altura dos dentes e da gengiva.

Contudo, é preciso tomar alguns cuidados com a película, assim como para a manutenção dos dentes, como parar com o hábito de roer as unhas e evitar produtos que podem deixar as lentes opacas/dentes amarelados e com erosões, como refrigerante, vinagre e iogurte com corante.

Isso porque esses hábitos podem quebrar e trincar a dentição e a película, bem como tornar os dentes fragilizados – de modo geral – e manchados.

3.  Fique longe de produtos com corantes

Por falar em corantes, eles estão presentes em diversos produtos alimentícios industrializados, o que faz muito mal para a coloração dos dentes.

Por estar presente em doces, bolachas, salgadinhos de milho, entre outros, pode afetar a saúde bucal e provocar dores de dente e inflamações, demandando o cuidado de higienização diário, procedimentos como a profilaxia recorrente e até tratamentos estéticos.

Nesse contexto, é possível recorrer ao clareamento, por exemplo, mas que demanda atenção quando feito para a manutenção e até para evitar o excesso de realização.

Assim, pacientes que fazem clareamento dental precisam ficar longe desses produtos, assim como evitar o consumo de bebidas alcoólicas como vinho e cigarros.

Chocolate, café, açaí, molho de tomate e sucos industrializados também devem ficar longe do prato e copo daqueles que querem ter um sorriso bonito e brilhante novamente.

4.  Remova o aparelho na hora da refeição

Os restos de comida que ficam presos nos dentes precisam ser removidos após as refeições. O uso de um fio dental é primordial para a saúde bucal, pois ele permite acesso em locais em que a escova de dentes não alcança.

Quem usa aparelho dental invisivel móvel pode remover e guardar em um estojo apropriado enquanto se alimenta.

A colocação deve ser realizada após a higienização dos dentes e da própria estrutura, pois a aplicação pode prender ainda mais os restos alimentares na base e coroa dos dentes, provocando dor local e inflamações.

5.  Faça a higienização e limpeza após as refeições

Escovar os dentes nunca é demais, pois os produtos dedicados para essa ação são desenvolvidos para atender às expectativas dos usuários e melhorar a saúde bucal.

Os cremes dentais, por exemplo, são produzidos com quantidade de flúor adequada. Após a escovação, havendo ou não o uso de aparelho invisivel, pode-se fazer a aplicação de enxaguante bucal para finalizar a limpeza.

Inclusive, no modelo de estrutura fixa, pode ser necessário adequar os produtos usados no cotidiano, de modo que a escovação se mantenha efetiva.

Por fim, vale reforçar que é sempre importante ouvir a opinião de um especialista, no caso um profissional da área de odontologia, para averiguar necessidades específicas e quadros que podem favorecer a fragilidade e as dores, de modo a reduzir esses problemas e tratar a cavidade.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Networkflow, especializada em materiais para network, empreendedorismo e dicas para a saúde e qualidade de vida.

Veja Notícias

Veja Notícias

O Veja Notícias é um portal de variedades para leitores de todo o Brasil.

Outros artigos