Pet

Raças de cachorros pequenos – Veja os 4 principais cães de porte pequeno!

Publicado por Veja Notícias no dia 17/12/2021 as 16:35

As raças de cachorros pequenos costumam ter uma má reputação de serem hiperativos, difíceis de treinar e latir muito, mas generalizar é impossível – neste como em qualquer outro campo.

Raças de cachorros pequenos – Veja os 4 principais cães de porte pequeno!

Claro, cachorros anões têm uma personalidade acentuada, mas isso não significa que não sejam excelentes companheiros e que não possam coexistir amorosamente em um lar onde há crianças ou outros animais.

A vantagem das raças de cachorros pequenos é que eles não têm problemas em morar em um apartamento, por outro lado, para eles tudo é exponencialmente grande e até um apartamento de dois quartos é um palácio – especialmente se houver muito amor entre os móveis.

4 principais raças de cachorros pequenos

Neste conteúdo, vamos analisar quais são as principais raças de cachorros pequenos. Leia conosco, vamos lá!

1 – Chihuahua

Chihuahuas são nativos da América Central e aqui do Sul, são os descendentes diretos de uma antiga raça nativa chamada “Techichi”. Seu peso é de cerca de 2 a 3 kg por 20 cm de altura.

Eles são cães pequenos, mas cheios de personalidade. Os Chihuahuas gostam de ser os reis da casa e governar a lei e, apesar de seu pequeno tamanho, os Chihuahuas também podem ser treinados com sucesso.

Entre as principais características corporais destacamos, sem dúvida, dois grandes olhos redondos e escuros e uma cabeça de maçã. Existem muitas variedades de pelagem, tanto na cor quanto no comprimento.

Os Chihuahuas são excelentes companheiros de vida, também adequados para crianças (não muito jovens), mas neste caso teremos que ter o cuidado de ensiná-los a brincar de forma delicada porque os Chihuahuas são pequenos e os seus ossos são frágeis.

Eles também são bastante suscetíveis a baixas temperaturas. De resto, são animais que sabem se adaptar bem ao ambiente e têm um bom caráter. Eles são cães calmos e de natureza tranquila, mas sofrem com o humor das pessoas com quem compartilham a vida, reagindo de acordo. É como se fossem um espelho do clima e das emoções que o rodeiam.

2 – Lulu da Pomerânia

Entre as raças de cachorros pequenos, também temos o Lulu da Pomerânia. Fumegantes e fabulosos, os Lulus da Pomerânia parecem quase mini leões, não apenas por sua pelagem dupla. São cães cheios de coragem, teimosos e orgulhosos. Sem uma educação adequada, é muito provável que eles fiquem no comando da casa.

São cães com cerca de 20 cm de altura e pesam 1,5 – 5 kg. Eles são os menores do Spitz, a família canina que também inclui Samoieda, Malamute do Alasca e Elkhound Norueguês. É uma raça originária da região europeia da Pomerânia que antigamente se encontrava na Prússia, mas que agora faz parte da Polônia, na fronteira com a Alemanha.

Eles são afetuosos, alertas e – bem – cães muito sensíveis também. Mas são companheiros leais e inteligentes que se adaptam bem à vida familiar. Na verdade, são excelentes companheiros para os filhos dos quais praticamente se tornarão babás. Também neste caso a sua constituição delicada requer atenção particular com as brincadeiras excessivas.

3 – Affenpinscher

O nome Affenpinscher, de origem alemã. São cães pequenos com rosto expressivo, medindo apenas 20 – 30 cm por 3 – 6 kg, mas têm corpos robustos e resistentes. A personalidade do Affenpinscher é corajosa, cheia de energia, mas ao mesmo tempo adora abraços e é extremamente carinhoso com a família. Ele está muito ligado ao seu mestre, que sempre o segue como uma sombra.

No passado, eles eram trabalhadores leais. Sua tarefa? Livrar-se de ratos e outras pragas de mansões e estábulos. Hoje eles penduraram o crachá e estão felizes em aproveitar a vida na sala de estar – para a qual eles são especialmente dotados.

Semelhante em caráter aos Terriers, Affenpinschers são bastante territoriais quando se trata de suas coisas, como jogos, comida ou canis, por isso também seria melhor evitar colocá-los com crianças pequenas. À primeira vista, eles parecem mansos, calmos e até pensativos, mas podem mudar de atitude em um momento e dar uma mordida ou latir violentamente se se sentirem ameaçados.

4 – Yorkshire Terrier

Pequeno e com um nome sonoro, cores elegantes e um andar orgulhoso, é uma das melhores raças de cachorros pequenos. O Yorkie se parece com um cão de origens nobres, mas não sejamos enganados porque não é uma raça que cheira mal. Pelo contrário. Os cães Yorkshire pesam pouco menos de 3 kg e têm cerca de 20 a 25 cm de altura, mas seu caráter está longe de ser reduzido.

Eles são orgulhosos, corajosos, destemidos e cheios de determinação. Mesmo sua linhagem não é exatamente nobre. Na verdade, esses cachorrinhos têm um passado como trabalhadores árduos.

Como os Affenpinschers, eles também caçavam ratos e outras pragas nas casas de seus donos, mas, ao contrário dos primeiros que foram introduzidos no século XVII, os Yorkies só foram criados no século XIX.

Hoje, mesmo que você realmente não diga, eles são excelentes cães de guarda e sua energia está sempre no auge. Os Yorkies também são amigos afetuosos, gostam muito de sua família e da própria casa, mas podem ser imprevisíveis se deixados sozinhos com crianças sem supervisão, por isso se faz necessário, talvez, levá-lo a uma casa de adestramento profissional.

Yorkies estão entre as raças mais recomendadas como cães de companhia para pessoas mais velhas e isso porque ambos gostam da presença constante um do outro. São animais muito sensíveis, com tendência a desenvolver forte ansiedade de separação e é também por isso que os bons criadores recomendam sempre tomá-los aos pares.

Eles também são muito bons no treinamento, especialmente quando há algumas recompensas gananciosas envolvidas. Graças ao reforço positivo, os Yorkshire Terriers aprenderão rapidamente comandos, truques e educação.

Além disso, esses estímulos são importantes para seu bem-estar físico e mental. É sempre bom combinar caminhadas e jogos ao ar livre com jogos em casa para mantê-los entretidos. Se negligenciados, pouco estimulados e entediados, esses cães se tornarão destrutivos, pois manifestaram claramente toda a sua frustração.

É uma raça conhecida por ser capaz de dar voz aos seus pulmões: mesmo que cada cão tenha a sua personalidade e haja Yorkies mais calmos e outros mais irreprimíveis, eles estão naturalmente predispostos a expressar as suas emoções latindo e antes de os adotarmos devemos estar cientes disso.

É uma característica que os torna excelentes cães de vigilância, embora possa se tornar difícil de controlar, especialmente quando se dirige para estranhos que se aproximem de casa ou durante caminhadas. Se o problema requer atenção, lembre-se de que um bom treinamento quase sempre é decisivo, conforme já mencionamos anteriormente.

Conclusão

Esse foi o nosso guia com dicas sobre as melhores raças de cachorros pequenos. Esperamos que alguma dessas que citamos seja suficiente para suprir a sua vontade de ter um amiguinho de 4 patas. Caso tenha ficado alguma dúvida, basta comentar abaixo que vamos lhe responder. Até a próxima!

Veja Notícias

Veja Notícias

O Veja Notícias é um portal de variedades para leitores de todo o Brasil.

Outros artigos

9 curiosidades sobre o Youtube

5 de maio de 2021

9 curiosidades sobre o Youtube

Em 2020 o YouTube completou 15 anos de vida, e para você que não consegue desgrudar da rede (que hoje já conta com mais de 2 bilhões de usuários), nós separamos alg...

Você pode ter interesse em:

Como criar gato em apartamento

Como criar gato em apartamento

O que é Catnip? – Conheça a famosa erva-dos-gatos!

O que é Catnip? – Conheça a famosa erva-dos-gatos!

Quantas gramas de ração um cachorro deve comer por dia?

Quantas gramas de ração um cachorro deve comer por dia?

Alimentação Natural Para Animais: Qual a Importância e Benefícios

Alimentação Natural Para Animais: Qual a Importância e Benefícios

6 raças de cachorro para ter em sua casa

6 raças de cachorro para ter em sua casa

Clima seco pode afetar a saúde dos pets

Clima seco pode afetar a saúde dos pets