Pet

Condroitina: conheça o composto que ajuda em problemas articulares de cães

Publicado por Veja Notícias no dia 18/08/2021 as 22:38

Entenda o que é e como age esse composto que ajuda a prevenir e a tratar doenças como a displasia e a artrose. Conheça também a glucosamina, melhor amiga da condroitina.

Condroitina. Seu veterinário já comentou sobre isso e você nunca tinha ouvido falar? Viu essa palavra em algum rótulo de ração? Esse é um composto que pode ajudar, tanto a prevenir, quanto a tratar doenças articulares em cães. O motivo é que a condroitina faz parte da composição da cartilagem dos animais.

Antes de falar como ela atua, vamos falar um pouco sobre os problemas que ela pode evitar: as doenças articulares, comuns em cães de quase todas as raças e portes e ainda mais comuns nos cachorros mais velhos, pois algumas também podem surgir e ser agravadas com o avanço da idade.

Provavelmente você já ouviu falar sobre vários desses problemas que podem atingir as articulações. Artrite, artrose, displasia coxofemoral e tendinite. Esses são apenas alguns exemplos que, além de causar dores e desconforto, podem limitar a capacidade de movimento dos animais. 

As doenças articulares podem ser causadas por vários fatores, que vão desde acidentes e herança genética a estresse e excesso ou falta de exercícios físicos. Alguns animais têm mais predisposição, outros têm menos, mas todo tutor precisa ficar atento para identificar qualquer problema o quanto antes.

Condroitina na ração ou na suplementação

A alimentação é outro dos motivos que pode aumentar o risco de que essas doenças se manifestem, já que o sobrepeso e a obesidade costumam agravar os problemas. Por isso, é uma excelente ideia comprar rações que contêm suplementação de condroitina, principalmente se o seu cão já é velhinho.

Caso o seu pet tenha predisposição para doenças articulares e você note algum sintoma, como dificuldade para andar, recusa a brincadeiras ou sinais de dor após exercícios, a suplementação com esse composto também pode ser muito indicada. 

A essa altura você já entendeu que a condroitina é boa para as articulações, mas ainda não sabe como ela age? A gente explica. Ela é formada de moléculas de açúcares e proteínas e está entre os componentes básicos da formação da cartilagem, tanto nos animais como nos humanos.

O suplemento para cães, inclusive, costuma ser natural, extraído da cartilagem de aves, peixes e moluscos. Essa origem também garante que a condroitina seja bem absorvida pelo organismo da maioria dos cães, o que potencializa sua ação.

O composto age inibindo a ação de enzimas e radicais livres que degradam a cartilagem e, dessa forma, também a fortalece. Isso porque melhora a elasticidade e a resistência à compressão.

Com glucosamina é melhor ainda

É comum que tanto as rações quanto os suplementos enriquecidos com condroitina também tenham em sua composição a glucosamina, que a complementa. Trata-se de um aminoácido que o corpo usa para fazer glicosaminoglicanos, que também são componentes naturais das cartilagens.

A glucosamina pode ser extraída de mariscos, como lagosta e camarão, e pode regenerar o tecido da cartilagem que já foi danificado de alguma forma. Enquanto a condroitina protege, a glucosamina repara. É por isso que elas formam um combo perfeito para a saúde das articulações.

Como a prevenção é sempre a melhor maneira de garantir o bem-estar do seu animal, introduzir as duas na alimentação ou suplementação, mesmo que o seu cão seja saudável, pode ser bom. A ideia é prevenir que os problemas apareçam, especialmente quando está frio e eles tendem a aparecer com mais frequência.

O excesso de qualquer substância, no entanto, pode fazer mal. Portanto, é importante conversar com um nutricionista animal ou um veterinário para saber a quantidade certa para o seu pet. Nas rações que têm esses compostos já costumam vir com essa qualidade equilibrada.

Veja Notícias

Veja Notícias

O Veja Notícias é um portal de variedades para leitores de todo o Brasil.

Outros artigos

É verdade que ovo faz o cabelo crescer?

12 de abril de 2021

É verdade que ovo faz o cabelo crescer?

Sabemos que o ovo tem muitas proteínas, que ajuda quando fazemos academia, mas é verdade que ovo faz cabelo crescer? Sim o ovo faz o cabelo crescer, pois assim c...