Geral

Como uma assistência técnica de Piracicaba atraiu 8 vezes mais clientes em plena pandemia

Publicado por Veja Notícias no dia 21/04/2021 as 19:47

Cristiano Morishin, proprietário da CM Tecnologias, afirma que as buscas por sua loja cresceram 1.720,00% depois de contratar agência paulista para criar seu site.

Hoje já não é mais novidade que ter um site bem estruturado é fundamental para sua marca se destacar no universo online.

Isso porque, pelo menos, 90% dos usuários da internet utilizam o Google quando procuram por um produto ou serviço que lhes interessa. É justamente nesse momento que a plataforma de buscas entrega o que como resposta? Sites.

Isso mesmo. Hoje, mais que nunca, são os sites as verdadeiras vitrines das marcas de todos os setores, desde lojas de roupa a assistências técnicas de celulares e computadores.

De acordo com os resultados de uma pesquisa conjunta realizada pela Mastercard e a Americas Market Intelligence (AMI), 46% dos brasileiros fizeram mais compras online durante a pandemia.

E esses dados revelam dois cenários importantes:

  1. O número de vendas de produtos e contratação de serviços diretamente pela internet praticamente dobrou do último ano para cá.
  1. Se o seu site não está no topo da página de buscas do Google – ou “bem rankeado” na linguagem do mercado digital – você simplesmente não existe para seus potenciais clientes.

Cristiano Morishin, proprietário da CM Tecnologias, já sabia disso e criou um site bem estruturado desde o início das atividades de sua assistência técnica localizada no interior de SP.

Porém, por motivos que desconhecia, seu site nunca aparecia no topo das pesquisas.

Então, Cristiano começou a pesquisar por conta própria como poderia melhorar o posicionamento do seu site e decidiu investir em anúncios:

“Eu comecei a investir um valor alto em anúncios. Patrocinava bastante e comecei até a ter algum retorno em pedidos de orçamento e vendas vindas do site…

Mas, no segundo semestre do ano passado, uma política interna do Google proibiu que assistências técnicas anunciassem no Google Ads. Com essa mudança, o meu número de pedidos de orçamentos e, claro, o volume de vendas despencou.

O raciocínio é simples: menos cliques, menos visitas, menos orçamentos, menos vendas, menos lucro.”

Cristiano conta que ficou extremamente preocupado quando o Google decidiu derrubar os patrocinados das assistências técnicas. Ele nunca imaginou que isso poderia um dia acontecer.

Por esse motivo, começou a pesquisar outras maneiras de se destacar de seus concorrentes com o objetivo claro de conseguir salvar sua loja.

Se anunciar no Google já não era mais possível, o que ele poderia fazer?

Em suas pesquisas, Cristiano encontrou um artigo escrito por Alan Terra, CEO da agência H2Web.

No artigo, Alan explicava quais eram os verdadeiros problemas que as assistências técnicas tinham para divulgar seus sites e, consequentemente, serem facilmente encontradas pelos clientes.

Ele detalhava bem os perigos de se investir no que ele mesmo chama de “terreno alheio”.

Leia um trecho:

(…) Mais uma vez as grandes empresas (Google/ Facebook) ditam as regras dentro do terreno delas e, mais uma vez, algum segmento vai sair prejudicado. Dessa vez foram as Assistências Técnicas que não podem mais anunciar no Google Adwords. Você já pensou no impacto na receita destas empresas? 

Muitos parceiros de negócios tem clientes nessa área e simplesmente as receitas dessas empresa despencaram e sabe por que?

Porque eles insistem em investir no terreno do outro!”

Após ler o artigo, Cristiano decidiu entrar em contato com a H2Web para entender como a agência poderia ajudá-lo a salvar sua empresa.

Já no primeiro encontro, Alan Terra conseguiu identificar no antigo site da CM Tecnologias os 7 problemas mais comuns em sites de assistências técnicas.

 Os 7 problemas mais comuns em sites de assistências técnicas:

  1. Site feito em WordPress, mas totalmente desorganizado;
  2. Estrutura boa, mas configurado de forma errada;
  3. Site embaixo de uma sub-hospedagem;
  4. Demora de mais de 8 segundos para carregar;
  5. Em desacordo com as diretrizes do Google;
  6. Não aparece no Google;
  7. Não recebe visitas de potenciais clientes.

Alan entendeu que precisaria fazer 3 mudanças imediatas para que o site da assistência técnica de Cristiano aparecesse no topo da página de buscas do Google – e, claro, para que os números de visitas e vendas fossem alavancados!

3 mudanças imediatas para seu site aparecer no topo da página de buscas do Google 

1. Trocar a hospedagem

Geralmente a hospedagem é um dos principais vilões quando você não tem acesso a boas tecnologias instaladas no seu servidor.

Se seu site não abre em até 3s, você está fora do jogo! Portanto, fique atento a isso e, se for o caso, troque de hospedagem sem hesitar.

2. Refazer o site inteiro

Muitas vezes os clientes chegam com o site feito em WordPress (caso do Cristiano), mas eles contrataram um site e não uma estratégia de busca focada no que as pessoas procuram.

Isso faz total diferença e é, por isso, que muitas vezes é melhor refazer o site inteiro ajustado para a busca do Google.

3. Otimizá-lo para Google – focando sempre no crescimento local e nas dúvidas das pessoas

Como eu comentei acima, um site sem estratégia não vale nada. É somente um bom cartão de visitas.

Quanto mais você responder as dúvidas que os clientes têm e otimizar ele localmente, mais você se tornará uma autoridade local e logo você chegará nas primeiras posições do Google. 

Com essa organização, Cristiano percebeu um crescimento de 858% na Busca do Google nos primeiro meses e a pesquisa pelo nome da sua empresa aumentou 1.720,00% – fora o aumento no número de ligações da ordem de 200%.

Veja o gráfico abaixo:

Mesmo com esses resultados excelentes entregues à CM Tecnologias e com todos os motivos para comemorar, Alan Terra mantém o pé no chão e explica:

“É importante que você, dono de uma loja de assistência técnica, tenha em mente que os resultados vão chegar, mas é preciso paciência e, principalmente, confiança no trabalho da equipe da agência.”

Cristiano passou a atrair 8 vezes mais clientes para sua assistência técnica.

Cristiano, por sua vez, depois de passar a atrair 8 vezes mais clientes para sua loja, em plena pandemia, não poupa elogios ao trabalho de Alan e sua equipe.

“Serviço profissional, com equipe pontual e site bem feito. Agora o site da minha loja está bem rankeado no Google. Tudo com posicionamento no orgânico – sem eu ter que gastar com anúncios. Realmente todo o trabalho feito pelo Alan e pelo time da H2Web alavancou as vendas da minha loja e salvou a CM Tecnologias!

Depois de 2 meses de serviço, percebi que o valor que eu gastava antes com anúncios pagos era muito maior que o valor mensal do pacote que fechei com o Alan. Eu comecei a investir bem menos e ter resultados 3x maiores do que na época dos anúncios.”

De acordo com Cristiano, o número médio de acessos diários ao site da CM Tecnologias subiu de 50 para 170. Esse aumento de acessos ao site, gerou para sua equipe uma demanda de solicitações de orçamento muito maior do que esperava!

Por isso, Cristiano Morishin dá uma dica final para quem contratar a agência do Alan, a H2Web.

“Esteja bem preparado para atender todos os clientes que chegarão. 

É fundamental que os novos clientes que entrarem em contato sejam respondidos de forma rápida!”
Para saber como a H2Web também vai ajudar você a atrair mais clientes para a sua assistência técnica, pelo Google e sem ter que gastar com anúncios, visite agora https://h2web.com.br/site-para-assistencias-tecnicas/.

Veja Notícias

Veja Notícias

O Veja Notícias é um portal de variedades para leitores de todo o Brasil.

Outros artigos