Geral

Como evitar assadura entre as coxas ao andar ou correr

Como evitar assadura entre as coxas ao andar ou correr

Publicado por Veja Notícias no dia 22/10/2021 as 07:56

Qualquer pessoa que tenha as coxas um pouco mais grossas sabe o quão incômodo é ter que lidar com as assaduras que aparecem depois de uma caminhada ou corrida. O movimento repetitivo que causa atrito entre as pernas, em conjunto com a umidade, pode resultar em feridas e um tremendo desconforto durante dias.

Como evitar assadura entre as coxas ao andar ou correr

As axilas e seios também podem ser afetadas pelas assaduras, mas a virilha e as coxas sofrem mais. Mas, o que fazer para evitar esse problema tão incômodo? As roupas para esporte podem ser uma boa solução, mas saiba que não são a única. Neste conteúdo, mostraremos algumas dicas eficazes para que você consiga andar ou correr sem ter que encarar as assaduras após a prática dessas atividades.

1 – Roupas apertadas são aliadas das assaduras

Roupas apertadas e de tecidos pesados devem ser evitadas, principalmente o jeans do dia a dia. Em dias mais quentes escolha peças mais soltinhas e confortáveis. Para os treinos, você pode escolher um shorts ou calça justa de materiais sintéticos que absorvam a umidade e sequem rapidamente, como nylon, poliéster, elastano e lycra. Bermudas de compressão também são muito bem-vindas.

2 – Lembre-se do shortinho por baixo de outras peças  

Se você caminha durante o dia e gosta de usar saias ou vestidos, o shortinho justo de material sintético por baixo dessas peças é um excelente companheiro das coxas, pois evita que elas se encostem e surjam as desagradáveis assaduras.

Para caminhadas mais longas e corridas, você pode usar um shorts bem largo ou saia para esportes com shortinho de lycra, daqueles que ficam bem coladinhos, quase como uma segunda pele. Isso vai garantir que sua transpiração evapore mais rapidamente e aliviará o atrito entre as pernas.

3 – As roupas para exercícios precisam ser lavadas do jeito certo

Alvejantes e amaciantes são uma mão na roda para deixar as roupas bem limpinhas e cheirosas, não é mesmo? Porém, não devem ser usados nas roupas para exercícios físicos ou caminhadas mais longas. Esses produtos deixam resíduos que são diluídos com o suor do nosso corpo e aumentam a irritação na pele. Para essas peças, use sabão neutro ou de coco.

4 – Quanto menos pelos, menor o atrito

Quando os pelos da coxa são raspados, a superfície de contato diminui, o atrito é menor e, por consequência, a probabilidade de assaduras também. 

Se você gosta de caminhar ou correr durante o verão, lembre-se que a depilação a laser deve ser evitada. Tome cuidado também com lâminas de raspar, pois elas deixam a pele mais sensível e podem causar pequenos ferimentos, aumentando ainda mais o incômodo das assaduras.

5 – Spray ou bastão antiassaduras: você precisa experimentá-los

Escolher as roupas certas, lavá-las adequadamente e raspar os pelos das coxas não são as únicas saídas: existem também produtos que ajudam a evitar e aliviar as assaduras. 

Os sprays ou bastões antiassaduras contêm substâncias que hidratam a pele, criam uma película que facilita o deslizamento entre uma coxa e outra, diminuem a perda de água e protegem as coxas contra a agressão causada pelo atrito.

Antes de sair de casa, aplique uma fina camada desses produtos nos pontos estratégicos das suas coxas (as regiões que costumam assar). Além disso, esses produtos contêm efeito anti-inflamatório para caso já haja uma assadura.

6 – O bom e velho talco será um grande amigo das suas coxas

O talco não é bom apenas para os bebês e idosos. Antes de sair para andar ou correr, polvilhe as coxas com talco. Este produto milenar diminui o atrito e mantém a região menos úmida. Caso você não goste de usá-lo em pó, vale a pena tentar fórmulas líquidas ou em creme até encontrar a versão ideal para você.

Minhas coxas já assaram. O que devo fazer?

Se você ainda não tomou os cuidados necessários e está com as coxas assadas, existem algumas medidas para aliviar o incômodo e acelerar a cicatrização.

Primeiramente, lave a região com sabão próprio para esse tipo de lesão, depois aplique as pomadas para assaduras. Além desses cuidados, é importante manter a região sempre seca, lavar com água fria ou morna e secar com muito cuidado, dando pequenos toques com a toalha.

Também é interessante evitar saias, shorts curtos e outras peças que possam causar atrito na região, além de evitar exercícios que aumentem a fricção até que a pele das coxas se regenere completamente. Caso contrário, você pode agravar o problema e causar uma infecção ou inflamação na região.

Veja Notícias

Veja Notícias

O Veja Notícias é um portal de variedades para leitores de todo o Brasil.

Outros artigos

Caça Vazamento: O Que É e Como Contratar

28 de setembro de 2021

Caça Vazamento: O Que É e Como Contratar

Está com um problema de vazamento e não sabe como resolver? Então, um caça vazamento pode ser a sua solução. O que é caça vazamento? Antes de mais nada, o caç...

Você pode ter interesse em:

Como fazer ovo sem grudar na panela

Como fazer ovo sem grudar na panela

Qual a importância de uma assinatura de e-mail personalizada?

Qual a importância de uma assinatura de e-mail personalizada?

Subdivisões da área de Radiologia: Conheça Todas!

Subdivisões da área de Radiologia: Conheça Todas!

Tem muita azia? Cuidado! Veja dicas de como combater a azia e má digestão

Tem muita azia? Cuidado! Veja dicas de como combater a azia e má digestão

Tire suas dúvidas sobre o Salário Sob Demanda

Tire suas dúvidas sobre o Salário Sob Demanda

Irlanda: 10 motivos para visitar e conhecer

Irlanda: 10 motivos para visitar e conhecer