Publicado por Veja Notícias no dia 04/09/2021 as 20:15

O rafting, atividade que combina aventura e natureza, tem crescido bastante nos últimos anos, no Brasil.

Quando o turismo retomar com força depois da pandemia, a tendência é que ganhe cada vez mais e mais adeptos em todo o país. Por isso, preparamos um lista de 5 curiosidades sobre o rafting. Confira:

1. De onde vem a palavra “rafting”?

A palavra “rafting “ vem de “raft”, que significa significa “jangada” ou “balsa” em inglês. Oo “ing” é a terminação, também em inglês, para, o tempo verbal presente contínuo (ou progressivo).

Então, em tradução livre, seria algo como “Jangadeando”..

2. Como são os botes de rafting?

São concebidos para proporcionar segurança aos praticantes, o material, chamado “hypalon”, é formado por meio da mistura do poliéster e do Neoprene, combinação bastante resistente.

Um sistema faz a água escoa sozinha de dentro dele. Há duas boias, que serve para dar estabilidade na hora de superar os. O bote possui entre 3,65 e 5,50 metros, sendo que os maiores trazem mais estabilidade.

3. Quem inventou o rafting?

Os índios e outras civilizações já utilizam canoas e jangadas para transportar pessoas e suprimentos por rios pouco hospitaleiros. Porém, o primeiro registro “moderno” do que viria a ser considerado rafting é de 1911: uma tentativa de descida pelas corredeiras do Rio Snake (“cobra”), localizado no estado de Wyoming, Estados Unidos. O nome do pioneiro não foi encontrado.

4. Quando o rafting passou a ser oferecido ao público?

Então, ele começou a ganhar visibilidade nas décadas de 1950 e 1960, em virtude do aprimoramento dos equipamentos e da descoberta de novos trajetos. Contou ainda com o impulso do exército norte-americano, que utilizou barcos similares aos do rafting como botes salva-vidas na Segunda Guerra Mundial. Com isso, a atividade passou a ser oferecida nas corredeiras do Grand Canyon, nos Estados Unidos.

5. Já foi um esporte das olimpíadas?

Sim! A modalidade esteve presente nos jogos olímpicos de Munique (1972), Barcelona (1992) e Atlanta (1996), os dois últimos como apresentação.

6. Quando chegou ao Brasil?

No começo da década de 1980. Uma empresa chamada TY-Y Expedições passou a promover a prática no Rio de Janeiro. Depois, a Canoar Rafting e Expedições expandiu para outros outros Estados, como São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

7. O rafting é seguro?

Pode-se dizer que sim. O rafting respeita vários protocolos de segurança para que possa ser oferecido e praticado. A exploração comercial do rafting é regulamentado pela Lei Geral do Turismo, de setembro de 2008. Ela descreve os critérios a serem atendidos pelas empresas que quiserem oferecer a prática, além de regras e obrigações. Os instrutores também são qualificados conforme normas técnicas.

8. Crianças podem praticar rafting?

Crianças e até animais (isso mesmo, conhecemos pelo menos uma empresa que permite levar o cachorro no trajeto, claro que em um bem mais seguro para o pet). Quanto às crianças, não existe restrição. Pessoas de todas as idades podem praticar o rafting, mesmo que não possuam treinamento ou experiência anterior.

É necessário, claro, certificar-se de que a empresa que está ofertando o serviço atenda aos protocolos de segurança e tenha condutores qualificados. Os rios também são classificados em seis níveis de dificuldade e risco (por uma entidade que tem abrangência internacional!). Então, é claro que as crianças não descem corredeiras naqueles mais perigosos.

9. E como são os rios mais perigosos para o rafting?

Os rios da última classe (Extremo) apresentam muitas dificuldades, , bastante imprevisibilidade e perigos. Eventuais erros podem ser bem graves e os resgastes, complicadíssimos. Por isso, somente por equipes compostas por peritos podem descê-los. Ainda assim, é bastante provável que eles o façam somente nos trechos mais favoráveis e com todas as devidas precauções tomadas.

Veja Notícias

Veja Notícias

O Veja Notícias é um portal de variedades para leitores de todo o Brasil.

Outros artigos

Quanto tempo dura uma bateria de carro?

30 de janeiro de 2021

Quanto tempo dura uma bateria de carro?

A bateria automotiva é uma peça fundamental para que o carro ligue e funcione. A bateria do carro é composta por placas de chumbo e eletrólito (ácido sulfúrico)....

5 dicas de como baixar a glicemia

28 de agosto de 2021

5 dicas de como baixar a glicemia

E aí estão preparados para quatro dicas de como baixar a glicemia de forma natural não é um milagre precisa disciplina você já vai entender. Antes falar dessas ...