Finanças

Título de Capitalização: o que você precisa saber antes de investir?

Publicado por Veja Notícias no dia 21/07/2021 as 20:51

Entenda como funciona essa aplicação e descubra se ela é ou não a melhor opção para os resultados que você procura e para o seu perfil de investidor. Boa leitura!

Título de Capitalização: o que você precisa saber antes de investir?

Foto: Freepik

Muitas pessoas que querem poupar e iniciar um acúmulo de capital, em sua procura por soluções e boas aplicações, acabam se deparando com ofertas de Título de Capitalização. Porém, muitos especialistas em investimentos e/ou investidores tradicionais são avessos a essa opção e não a recomendam.

A maioria das pessoas, mesmo quem não entende do mercado financeiro, não tem dúvidas de que um investimento como a previdência privada vale a pena, mas ficam em dúvida quando o assunto é Título de Capitalização e como eles funcionam.

Então, se você é uma dessas pessoas, acompanhe a seguir algumas informações importantes sobre o que você precisa saber antes de investir em títulos de capitalização e descubra se eles valem realmente a pena. Aproveite!

O que é um título de capitalização?

O título de capitalização é um produto financeiro que funciona como uma economia planejada. De acordo com um período definido, o banco direciona uma mensalidade proveniente da sua conta para comprar esse título. 

O atrativo dos títulos de capitalização não está na rentabilidade, mas sim na sorte. Ao comprar o título, você recebe um ou mais números que concorrem a prêmios em dinheiro sorteados pela loteria federal e, quanto maior a mensalidade, mais altos são os prêmios concorridos também.

Parte do valor pago nesta modalidade é direcionado para os custos dos sorteios, isso é a porcentagem da cota de sorteio; e também para os custos da administração do produto, que é a porcentagem de cota de carregamento.

Ao final de determinado período, quem compra título de capitalização recebe uma parte do valor corrigido pela Taxa Referencial (TR) e uma taxa acordada na negociação, que é a porcentagem da cota de capitalização. 

O prazo para resgatar o título de capitalização é de 5 anos, após esse período o titular perde o direito de obter o dinheiro de volta. 

Quais os tipos de pagamentos dos títulos de capitalização disponíveis?

Os títulos de capitalização são estruturados em PM, PP ou PU:

  • PM / Pagamento Mensal – esse tipo de título prevê o pagamento a cada mês da vigência do título;
  • PP / Pagamento Periódico – nesse tipo não existe relação entre o número de pagamentos e o número de meses em vigência;
  • PU / Pagamento Único – Nesse título o pagamento é feito somente uma vez e tem sua vigência estipulada em contrato;

Modalidades de capitalização existentes 

Existem vários tipos de planos permitidos pelo Susep (Superintendência de Produtos Privados) : 

Capitalização Tradicional

Se todos os pagamentos foram efetuados nas datas programadas, essa modalidade devolve ao titular no final do prazo, o valor total dos pagamentos efetuados;

Capitalização Popular

Beneficia a participação do titular em sorteios, mas não restituição integral do valor pago;

Capitalização Compra – Programada

Ao se cadastrar, o titular escolhe como quer receber o dinheiro pago de volta: se em dinheiro ou na forma de produtos/serviços;

Capitalização Incentivo

É ligado a um sorteio específico ou evento promocional, e necessita estar com os pagamentos em dia. 

Capitalização Filantropia Premiável

Contratando essa modalidade o titular participa de sorteios e contribui com entidades beneficentes, no qual o titular cede a elas o direito de resgatar o valor capitalizado;

Capitalização Instrumento de Garantia

Essa modalidade é utilizada para assegurar o cumprimento de uma obrigação assumida (exemplo: garantia no aluguel de um imóvel quando o interessado em alugar não tem fiador). O valor do plano contratado precisa ser equivalente à obrigação assumida pelo titular perante terceiros. 

Tipos de resgate do título de capitalização

Veja a seguir quais as possibilidades de resgatar o título de capitalização:

Resgate antecipado

Ocorre quando a devolução do dinheiro aplicada é feita antes do final do prazo de vigência. Nessa opção, só é possível resgatar uma parte do valor aplicado;

Resgate por sorteio

Ocorre quando o nome do titular aparece em um dos sorteios e é resgatado o valor correspondente ao valor sorteado;

Resgate no final

Terminado o período de vigência, é resgatado todo o valor previsto no contrato dos títulos;

Título de capitalização, vale a pena investir?

Os sorteios dos títulos de capitalização são milionários e frequentes mas, antes de mais nada, talvez o termo “investir” não seja o mais correto. Por isso, é importante esclarecer que o título de capitalização não fará o dinheiro aplicado render, pois não existe o pagamento de juros para quem adquire esses títulos.

Se você não tiver a sorte de ganhar os prêmios concorridos, poderá apenas resgatar o dinheiro da mensalidade e, como explicado antes, com as taxas contratuais descontadas e valor corrigido – a não ser na modalidade tradicional que determina que o valor resgatado seja igual ao pago. 

Dessa forma, se você acredita na sorte e que ao pagar valores mensais você pode aumentar as suas chances de ganhar uma grande quantia, então sim, vale a pena.

Também pode ser uma vantagem se você levar em consideração que terá a “obrigação” de poupar esse dinheiro do título de capitalização. 

Mas ainda assim essa não é a melhor forma de poupar porque o seu dinheiro fica “preso” – já que os pagamentos são feitos em datas programadas e não quando você deseja ou pode pagar, e o valor também não pode ser resgatado a qualquer momento e existe prazo de carência.

Logo, se você espera que o dinheiro seja direcionado para o título de capitalização renda, então é melhor repensar a decisão de realizar essa aplicação e optar por outros investimentos como: a previdência privada, as ações ou ainda o tesouro direto.  

Veja Notícias

Veja Notícias

O Veja Notícias é um portal de variedades para leitores de todo o Brasil.

Outros artigos

Tendências de decoração para sua casa

3 de novembro de 2021

Tendências de decoração para sua casa

Ninguém quer uma casa com a parede em tom de detergente clorado ou com aspecto velho. Pensando nisso, iremos trazer para você algumas tendências de decoração para o...

7 Melhores Dicas Para Contratar Advogado

15 de abril de 2021

7 Melhores Dicas Para Contratar Advogado

De antemão, contratar um advogado não é uma tarefa simples. Ainda mais, que existem vários tipos de advogado, um para cada tipo de causa ou processo. Portanto, ...

Você pode ter interesse em:

Comprar ou alugar um imóvel: qual a melhor opção?

Comprar ou alugar um imóvel: qual a melhor opção?

Por que as empresas devem prestar atenção na saúde financeira dos seus colaboradores?

Por que as empresas devem prestar atenção na saúde financeira dos seus colaboradores?

6 dicas para cuidar da sua saúde financeira

6 dicas para cuidar da sua saúde financeira

O DNA digital dos bancos brasileiros

O DNA digital dos bancos brasileiros

Taxa de resgate: entenda o que é cobrado na hora de resgatar seus investimentos

Taxa de resgate: entenda o que é cobrado na hora de resgatar seus investimentos

O que é CDI?

O que é CDI?