Finanças

Para fazer cartão de crédito precisa estar trabalhando?

Publicado por Veja Notícias no dia 29/11/2021 as 18:55

É unânime que, dentro do contexto atual, a taxa de desemprego no país tem crescido bastante, chegando a 14,1% no segundo trimestre deste ano, segundo o site do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Para fazer cartão de crédito precisa estar trabalhando?

Por conta disso, muitas pessoas têm procurado serviços bancários que não precisem de uma renda mínima para serem solicitados, principalmente serviços de cartão de crédito.

Mas, quem está desempregado ou não tem um trabalho fixo pode fazer um cartão de crédito? E a resposta é: sim, você não precisa estar trabalhando para fazer um cartão de crédito.

Para seguirmos, primeiro temos que entender que, nem todo mundo que não tem um emprego, se encontra desempregado. De acordo com o site do IBGE, a pessoa que é considerada desempregada é aquela que se encontra em idade de trabalhar e está atrás de um emprego, logo, universitários, donas de casa e microempreendedores não se encaixam nesta definição.

Se você está desempregado no momento, é estudante, ou se encontra em uma situação na qual não possui uma renda fixa, este artigo é para você.

Veja a seguir algumas dicas e opções de cartões de crédito para quem não está trabalhando no momento.

Como fazer cartão de crédito em situação de desemprego

As melhores opções de cartão de crédito para quem está desempregado são os cartões que não cobram taxas, encargos extras e anuidade, afinal, não é interessante adicionar mais despesas ao orçamento sem a certeza de que terá renda para arcar com elas, não é mesmo?

Antes de solicitar um cartão de crédito sem estar trabalhando, é imprescindível conferir se há cobrança de taxas em cima de transações, compras internacionais, recargas de celular e saques, para evitar surpresas e situações que possam piorar a sua vida financeira.

Os cartões pré-pagos são uma excelente pedida para quem se encontra em situação de desemprego. 

Cartão pré-pago

Os cartões de crédito pré-pagos são uma boa opção para quem está desempregado porque, além de não fazerem análise de crédito para aprovar a solicitação do serviço e serem livres de taxas e de anuidade, você só pode fazer compras com o valor que está no saldo do cartão, possibilitando um controle maior sobre suas finanças neste momento tão delicado.

Melhores opções de cartão de crédito para pessoas em situação de desemprego

Separei agora, uma lista com os melhores cartões de créditos para pessoas que estão desempregadas.

Cartão de crédito Submarino

O cartão de crédito submarino, além de ter uma anuidade super barata, tem a vantagem de acumular pontos para trocar em vale-presente, diretamente no site do Submarino.

Vale lembrar que fazendo este cartão, você terá um limite exclusivo para comprar qualquer produto no site e poderá parcelar suas compras em até 12x sem juros.

Cartão de crédito Acesso

O banco Acesso tem seus serviços voltados para clientes que não conseguiram aprovação em outros bancos e, por esta razão, não faz análise de crédito e é uma excelente pedida para quem está sem emprego.

O cartão de crédito Acesso é um cartão que não cobra anuidade e sua única taxa é a taxa de saque. Por ser um cartão pré-pago, você só pode gastar o valor que já se encontra no saldo do cartão, possibilitando um controle maior para a sua vida financeira. 

Como fazer cartão de crédito sendo universitário?

Hoje em dia, dá para abrir uma conta universitária em vários bancos e muitos deles oferecem o serviço de cartão de crédito universitário, a fim de facilitar que jovens que ainda estão iniciando a própria vida financeira tenham mais poder de compra.

Uma das principais vantagens dos cartões universitários é o valor da anuidade, que costuma ser muito mais baixo que o valor da anuidade dos cartões de crédito convencionais.

Estes cartões exigem uma renda mínima baixa, e alguns deles não exigem renda mínima, sendo um tipo de cartão de crédito que, para fazê-lo, não precisa estar trabalhando.

Outra boa pedida para universitários são os cartões de crédito de bancos digitais, pois muitos deles não cobram anuidade e não exigem renda mínima.

Melhores opções de cartão de crédito para universitários que optaram por não trabalhar

Agora, confira uma lista com as melhores opções para cartão de crédito universitário.

Cartão Ourocard Universitário Internacional

O cartão de crédito Ourocard Universitário Internacional exige uma renda mínima de R$800,00, mas não cobra anuidade e oferece um limite mais alto, além de oferecer garantia estendida e proteção de preço.

Cartão de crédito Neon

Embora não seja um cartão universitário, o cartão de crédito Neon é uma boa alternativa para quem não está trabalhando por preferir focar nos estudos, pois não exige uma renda mínima para fazê-lo.

Dentre os benefícios deste cartão de crédito, temos o Limite Elástico, função que permite o uso do cartão mesmo após ter esgotado o limite de crédito. O cartão de crédito Neon também não cobra anuidade e é livre de qualquer taxa. Você também pode ativar a função de cartão virtual para fazer compras online.

Cartão de crédito Next Visa Internacional

O cartão de crédito Next Visa Internacional também é uma boa opção, pois, além de não precisar estar trabalhando para solicitá-lo por não exigir renda mínima, também não tem anuidade e conta com cashback em compras de lojas parceiras.

Este cartão também oferece serviço de assistência em viagem e a função Visa Checkout, além do programa Vai de Visa, que é um programa de ofertas e benefícios para quem possui cartões com esta bandeira.

Infelizmente, ter uma conta corrente no banco Neon é pré-requisito para solicitá-lo.

Embora os cartões de bancos digitais sejam sempre a melhor opção para quem não está trabalhando porque, em sua maioria, não exigem renda mínima e não costumam cobrar anuidade, é sempre bom fazer uma pesquisa aprofundada e analisar cuidadosamente os benefícios oferecidos por cada um, para saber qual cartão se adequa melhor à sua realidade. 

Veja Notícias

Veja Notícias

O Veja Notícias é um portal de variedades para leitores de todo o Brasil.

Outros artigos

Você pode ter interesse em:

Saia do seu banco: por que você deve investir por conta própria!

Saia do seu banco: por que você deve investir por conta própria!

3 vantagens de fazer a portabilidade da sua previdência privada

3 vantagens de fazer a portabilidade da sua previdência privada

Por que as empresas devem prestar atenção na saúde financeira dos seus colaboradores?

Por que as empresas devem prestar atenção na saúde financeira dos seus colaboradores?

Como funciona o refinanciamento imobiliário?

Como funciona o refinanciamento imobiliário?

Organização das contas: Dicas para se organizar

Organização das contas: Dicas para se organizar

Taxa de resgate: entenda o que é cobrado na hora de resgatar seus investimentos

Taxa de resgate: entenda o que é cobrado na hora de resgatar seus investimentos