Finanças

Como pequenos gastos podem prejudicar seu orçamento

Como pequenos gastos podem prejudicar seu orçamento

Publicado por Veja Notícias no dia 11/11/2021 as 13:38

Atualmente, muitas pessoas reclamam que não conseguem guardar dinheiro por terem um salário baixo ou pelas despesas do dia a dia. A dificuldade de ter uma reserva acaba tendo um grande impacto na vida financeira. Só que o maior motivo para acentuar esse cenário está relacionado aos pequenos gastos.

Como pequenos gastos podem prejudicar seu orçamento

Desde o cafezinho após almoço com colegas de trabalho até o uso excessivo de aplicativos de delivery, todos esses são pequenos gastos que, após um período curto, podem comprometer o seu planejamento financeiro. Porque, na verdade, somando todas essas despesas elas não são tão “pequenas” assim.  

Por isso, entender como pequenos gastos podem prejudicar o seu orçamento a longo prazo, é um dos maiores desafios da educação financeira. O susto com a fatura do cartão de crédito online com aquele sentimento de frustração de que tudo poderia ter sido diferente se houvesse um controle maior sobre as suas ações.

Sendo assim, vamos explicar o conceito desses gastos “insignificantes” e enumerar ações que podem contribuir para que você possa ter um maior controle do seu orçamento. Confira mais abaixo!

Afinal, o que são pequenos gastos?

O termo pequenos gastos é praticamente autoexplicativo. Sabe aquelas despesas de baixo valor, costumeiras do dia a dia, que não temos o costume de contabilizar? Normalmente, por serem considerados baratos, pagamos com moedas ou notas inferiores a R$ 10,00. 

Dificilmente em compras de alto valor, como eletrônicos, ou até mesmo compromissos financeiros como empréstimo e financiamentos são esquecidos. Diferente do que acontece com os pequenos gastos.

Dificilmente temos o controle desses pequenos gastos e o pior de tudo: eles costumam ser feitos no impulso. Ou seja, aquela compra que não precisava ter sido feita, mas você acaba cedendo por considerar o valor baixinho. 

Quais são os pequenos gastos mais comuns

Muitas vezes temos dificuldade de identificar quais são esses pequenos gastos, exatamente por eles serem quase que invisíveis. Mas com um olhar mais apurado e para o bem do seu planejamento financeiro, listamos três motivos que podem impactar a sua saúde financeira. 

Cartão de crédito com anuidade

É importante ter em mente que o cartão de crédito é uma ferramenta a mais para pagamento. Ele deve ser seu aliado e não um vilão. Por isso, caso você pague anuidade ou outras tarifas mensais, está no momento de repensar esses custos.

Por isso, procure negociar com a operadora do cartão de crédito. Existem muitas organizações em que a anuidade custa zero reais. Ou seja, avalie, ainda que você tenha um programa de fidelidade atrelado, se economizar na anuidade não é muito mais vantajoso para o seu bolso.

Serviços de delivery

Tanto o Uber como tantos outros serviços de delivery, de fato, facilitam a vida de muitos brasileiros. As vantagens desses serviços não podem ser contestadas. Mas, por outro lado, observe se o uso excessivo dessas facilidades não está prejudicando o seu orçamento.

Você não precisa excluí-los da sua vida. Mas lembre-se de refletir quando é realmente necessário.  Procure fazer um planejamento mensal de até quanto você pode gastar. 

Compras não programadas

Uma das maiores causas de não conseguir seguir com o planejamento financeiro são as chamadas compras por impulso. Especialmente em datas consideradas promocionais. Uma das grandes razões desses gastos ocorrerem tem relação com o marketing e as mensagens subliminares que incentivam o consumidor a comprar. 

O pior é que muitos desses gastos invisíveis acabam gerando um arrependimento. Por isso, tenha muito claro o seu teto máximo para esse tipo de consumo. Com certeza, será mais fácil evitá-los, ainda mais se você tiver o seu propósito claro do seu planejamento financeiro. 

Qual o impacto deles no orçamento?

Um cafezinho pós-almoço em uma sexta-feira não é nada para o nosso bolso, não é mesmo? Depois você resolve comprar uns brigadeiros e, ao invés de voltar andando para casa, resolve apelar para o serviço de transporte. 

A grande questão é que ao somar todos esses “pequenos gastos” eles podem causar um problema sério no seu planejamento financeiro. Ainda mais, quando eles se tornam recorrentes ao utilizar o seu cartão de crédito.  No final, ao receber a fatura, você percebe que muitos deles poderiam ser evitados.

Como evitar e diminuir pequenos gastos

Para conseguir se manter dentro do seu orçamento e conquistar as metas elaboradas de acordo com seu planejamento financeiro, você deve mudar alguns hábitos. Confira como é possível evitar ou diminuir essas pequenas despesas!

Tenha todos os gastos anotados

Primeiramente, para conseguir controlar seus gastos é necessário ter toda e qualquer despesa anotada. Mas não basta fazer isso através dos aplicativos de cartão de débito ou crédito. Registre todos os gastos, mesmo os pequenos. 

Para deixá-los registrados você pode:

  • Usar um caderno com todos eles discriminados, por tipo, data e como foi pago;
  • Criar uma planilha no Excel, dividindo igualmente essas despesas por tipos, dentre outras categorias;
  • Fazer download de um aplicativo para celular que tem exatamente o objetivo de fazer o controle dos seus custos mensais.

Defina um limite de gastos para cada categoria

Após você seguir com as dicas dadas acima, procure, também, ter um tempo para analisar suas despesas da semana. Isso é importante para que você revise e identifique pequenos gastos que estão sendo constantes no seu cotidiano e podem ser revertidos, ajudando no seu planejamento financeiro.

Porém, não tenha a obsessão de não gastar com mais nada. Deixe um pequeno valor reservado para essa finalidade, assim como deve ser feito com outras despesas fixas mensais. 

O poder do planejamento financeiro

Por ser um plano de finanças pessoais que auxilia a realizar o mapeamento de todas as fases econômicas, ajudando na realização de sonhos, o planejamento financeiro é uma arma poderosa.  É ele que reduzirá a probabilidade de você ter problemas de dinheiro. Afinal, ninguém quer ter dívidas

Então, use o seu planejamento financeiro como o seu guia no momento da tomada de decisão sem esquecer do seu orçamento. Esperamos que você siga as dicas acima! E se você tiver mais alguma dúvida sobre gastos supérfluos, deixe nos comentários abaixo!

Veja Notícias

Veja Notícias

O Veja Notícias é um portal de variedades para leitores de todo o Brasil.

Outros artigos

5 elementos que garantem uma boa noite de sono

20 de novembro de 2021

5 elementos que garantem uma boa noite de sono

O corpo sente o impacto de noites mal dormidas de forma imediata. Quando não descansamos adequadamente, nada funciona direito: nos sentimos cansados o dia inteiro, ...

Você pode ter interesse em:

Quando devo contratar um engenheiro para minha obra?

Quando devo contratar um engenheiro para minha obra?

Impulsione seus negócios com blogs

Impulsione seus negócios com blogs

Os 3 nichos de mercado que mais se destacaram nos últimos anos

Os 3 nichos de mercado que mais se destacaram nos últimos anos

Como deixar a comida com gosto de defumado?

Como deixar a comida com gosto de defumado?

6 Dicas para sua clínica estética se destacar no mercado!

6 Dicas para sua clínica estética se destacar no mercado!

ART: saiba o que é, quem é o responsável e como emitir

ART: saiba o que é, quem é o responsável e como emitir