Finanças

3 vantagens de fazer a portabilidade da sua previdência privada

3 vantagens de fazer a portabilidade da sua previdência privada

Publicado por Veja Notícias no dia 30/08/2021 as 22:16

Só devemos ficar em um lugar quando nos sentimos bem-vindos e estamos satisfeitos, não é o que dizem? Entenda como fazer a portabilidade da sua previdência privada.

3 vantagens de fazer a portabilidade da sua previdência privada

Com toda a instabilidade pela qual temos passado no país, principalmente desde o início da pandemia do novo coronavírus, as pessoas têm buscado mais formas de fazer dinheiro – e de garantir mais tranquilidade para os tempos que virão.

Esse desejo, no entanto, não é novo. Desde a Reforma da Previdência, que tornou um pouco mais complexas as condições para a aposentadoria dos trabalhadores, ter uma segunda fonte de renda na melhor idade se tornou fundamental. Entrou em cena, desde então, a previdência privada.

A previdência privada é, de forma simplificada, um plano de aposentadoria que pode ser adquirido por pessoas que contribuem com o INSS. As condições e os aportes variam de acordo com o perfil do indivíduo e, geralmente, são bastante flexíveis.

Trata-se de algo tão interessante para o trabalhador brasileiro que as empresas têm oferecido planos de previdência privada, com condições diversas, para os seus funcionários. Esse benefício corporativo, na verdade, se tornou tão desejado que tem diminuído as taxas de absenteísmo e aumentado a atração de talentos.

Sai na frente, podemos ver, quem se preocupa em oferecer aos seus colaboradores as vantagens de que fato dialogam com a sua realidade. Quando retiramos fatores que geram estresse na vida de uma pessoa, permitimos que ela se expanda e se sinta mais à vontade e feliz para viver, trabalhar, dar frutos.

Feita esta introdução, vamos ao tema principal deste artigo. Se você quer entender um pouco mais sobre portabilidade previdência privada, leia os tópicos a seguir:

Portabilidade de previdência privada: o que é?

É uma forma de migrar entre produtos ou instituições financeiras. Ela permite ao investidor que faça escolhas mais interessantes para o seu objetivo e que troque de opção quando achar que não está sendo atendido como deveria ou recebendo menos do que gostaria.

É possível trocar o tipo de plano escolhido, a instituição e a forma de cobrança do Imposto de Renda (não se pode fugir dele, no entanto!).

Para fazer mudanças no seu plano, entre em contato com a instituição responsável por ele e peça para que ela tome as atitudes necessárias.

A portabilidade pode ser interna – e ocorrer entre planos de uma mesma empresa – ou externa. Nesse caso, o indivíduo leva o seu plano para outra instituição, que pode ter taxas melhores ou atendimento mais interessante. 

Apesar de ser um processo de mudança maior, é de responsabilidade da instituição atual entrar em contato com a instituição desejada pelo contratante e fazer as substituições desejadas.

Importante: é possível migrar da tabela progressiva para a regressiva, mas não é possível fazer o caminho oposto. Assim, se você optou pela tabela regressiva, deverá permanecer com ela até o fim do seu investimento.

A portabilidade não pode ser feita após o período de acumulação. Assim, não espere o período de aportes terminar – se você está insatisfeito com os serviços prestados, busque já uma forma de migrar.

Vantagens de fazer a portabilidade de planos de previdência privada

Entenda agora quais são as vantagens de fazer a portabilidade da previdência privada.

Atendimento

A primeira vantagem está relacionada à questão do atendimento. Geralmente, as pessoas optam por mudar de planos também quando não estão contentes pelo que as instituições têm oferecido em um nível mais pessoal.

Muitos fatores podem gerar essa insatisfação: dificuldade de entrar em contato com algum setor, demora para resolver problemas pontuais, inexistência de canais de SAC rápidos… Por aí vai.

Melhores oportunidades e condições

A segunda vantagem está ligada à busca por melhores oportunidades de ganhar dinheiro. Instituições novas, para atrair pessoas, podem oferecer modelos de negócios mais interessantes, com taxas de juros mais atrativas ou com taxas de manutenção mais baratas, por exemplo.

Mudanças na nossa rotina e vida

A terceira vantagem, por fim, está ligada às mudanças pelas quais passamos na vida.

Quando começamos a trabalhar, é natural que o nosso posto não seja tão destacado e que a nossa remuneração não seja tão alta. Não devemos deixar que isso nos desanime a procurar por um plano de previdência privada: como já comentamos, existem possibilidades de investimentos que dialogam com todos os perfis financeiros.

Com o passar dos anos, a tendência é que aumentemos em importância nos locais onde trabalhamos e que comecemos a ganhar um pouco mais. A partir daí, outras mudanças se tornam inevitáveis.

Se você tem mais recursos, pode preferir aportá-los em vez de gastá-los com supérfluos. Isso é tremendamente positivo, visto que você terá mais acumulação financeira e mais a desfrutar nos anos que virão.

Da mesma forma, caso você tenha mudado os seus objetivos de aposentadoria, fazer a portabilidade de previdência privada também é interessante. Existem, com certeza, instituições que estão mais alinhadas com aquilo que você espera e deseja.

Veja Notícias

Veja Notícias

O Veja Notícias é um portal de variedades para leitores de todo o Brasil.

Outros artigos

Você pode ter interesse em:

Saiba Quais São Os 5 Principais Benefícios Da Telerradiologia!

Saiba Quais São Os 5 Principais Benefícios Da Telerradiologia!

O que é funil de vendas

O que é funil de vendas

7 passos essenciais para trocar o pneu do seu carro

7 passos essenciais para trocar o pneu do seu carro

Canal de Moda no YouTube: Veja 5 Opções

Canal de Moda no YouTube: Veja 5 Opções

Diferença entre plano de saúde e convênio médico

Diferença entre plano de saúde e convênio médico

5 dicas de marketing para a Black Friday

5 dicas de marketing para a Black Friday