Publicado por Veja Notícias no dia 21/07/2021 as 13:43

Muitas pessoas sonham em viver e trabalhar na Europa, devido aos salários atraentes e à excelente qualidade de vida. Antes de realizar a mudança de vez para um país Europeu é importante que você saiba e conheça as variações que o mesmo tem a respeito do salário mínimo, pois muita coisa lá fora é bem diferente do Brasil. 

Então confira este post até o final e tire todas as suas dúvidas, a seguir:

Em termos simples, isto varia de país para país, e em alguns lugares varia de acordo com a atividade ou idade do trabalhador.

Existe um salário mínimo na Europa?

Para aqueles que não sabem, o salário mínimo é o salário mais baixos que os empregadores são legalmente obrigados a pagar aos seus empregados. Mas será que o salário mínimo funciona na Europa da mesma forma que funciona aqui no Brasil?

Para esclarecer, então, não existe um salário mínimo único para a Europa, embora já há algum tempo haja um debate a este respeito, que tem dividido as opiniões no continente.

Para vos dar uma ideia, a Comissão Europeia apresentou uma proposta de diretiva em outubro de 2020, a qual será considerada pelo Conselho Europeu e pelo Parlamento Europeu. O objetivo desta proposta é assegurar o nível de vida de todos os trabalhadores nos países da UE.

A razão para isto é reduzir a diferença salarial e proteger os empregadores responsáveis da concorrência desleal. No entanto, esta proposta está ainda em discussão.

Qual será o salário mínimo na Europa em 2021?

O nível do salário mínimo na Europa em 2021 varia de país para país, sendo que apenas 21 países da UE têm uma política laboral que impõe um salário mínimo em empresas públicas e privadas.

O salário mínimo nacional de base pode ser fixado a uma taxa horária, semanal ou mensal e é fixado por lei, muitas vezes em consulta com os parceiros sociais ou diretamente por um acordo nacional intersetorial, como na Bélgica e na Grécia.

Além disso, o salário mínimo aplica-se geralmente a todos os empregados ou pelo menos à grande maioria dos postos de trabalho. Alguns países têm isenções, por exemplo para os trabalhadores mais jovens, aprendizes ou trabalhadores com deficiência, como no Reino Unido.

Qual é o salário mínimo mais elevado da Europa?

O salário mínimo médio na Europa é de 1.007 euros, embora o montante varie. O país com o salário mínimo mais elevado da Europa é o Luxemburgo, onde o salário mínimo será de 2.201 euros em 2021, enquanto que o mais baixo é na Bulgária.

Genebra, Suíça, é a cidade com o salário mínimo europeu mais elevado, a 23 francos suíços por hora, o equivalente a 21,27 euros por hora.

Salários mínimos nos países europeus

Lista de salários mínimos na Europa por país:

Como já mencionamos, o salário mínimo é fixado em apenas 21 dos 27 países da União Europeia e o montante varia muito e pode ser muito diferente. De acordo com o website do salário mínimo, os salários mínimos em 2021 em cada país europeu são os seguintes:

  • Alemanha: 9,50 euros por hora;
  • Bélgica: 1 594 euros/mês (varia por região e nível de especialização);
  • Bulgária: BGN 650/mês (aprox. EUR 332);
  • Croácia: 560 EUR/mês
  • Espanha: 950 BGN/mês;
  • Eslovénia: 1 024 BGN/mês;
  • Eslováquia: 623 euros/mês;
  • Estónia: 584 EUR/mês;
  • França: 1 554 euros por mês;
  • Grécia: 650 EUR/mês
  • Países Baixos: 1 684,80/mês;
  • Hungria: 487,1 euros/mês;
  • Irlanda: 10,20 euros/mês;
  • Letónia: 500 euros/mês;
  • Lituânia: 642 euros/mês;
  • Luxemburgo: EUR 2 201,00/mês;
  • Malta: EUR 784,08/mês;
  • Polónia: 625 euros/mês;
  • Portugal: 665 EUR/mês;
  • República Checa: de RON 586,96 a RON 1 173,90/mês (varia de acordo com o tipo de trabalho).
  • Roménia: RON 2 300,00 (aproximadamente EUR 472,40/mês).

Comparação com os salários no Brasil

No Brasil, o salário mínimo em 2021 será de R$1.102 por mês (aproximadamente 170 euros/mês). Para efeitos de análise, convertido em euros, o país ficaria no fundo da escala salarial europeia. Contudo, é importante lembrar que o custo de vida no Brasil é mais baixo do que na Europa.

No entanto, a história dos aumentos do salário mínimo é geralmente mais baixa no Brasil do que na Europa. Por exemplo, na Europa, a taxa anual de expansão ao longo da década entre 2010 e 2019 foi de 3,5%. No Brasil, este aumento é de apenas 1,9%. 

Por outras palavras, mesmo com um custo de vida mais baixo, o crescimento do salário mínimo no Brasil é ainda mais baixo do que na Europa.

É, portanto, necessário examinar qual é a relação entre os salários e o custo de vida nos países desejados antes de viajar para o trabalho no continente. Mesmo que o salário mínimo na Europa seja atrativo em comparação com o Brasil, as despesas podem ser relativamente elevadas.

É, portanto, ideal fazer muita pesquisa e descobrir todos os detalhes do país em que pretende viver antes de viajar. 

Veja Notícias

Veja Notícias

O Veja Notícias é um portal de variedades para leitores de todo o Brasil.

Outros artigos