Empreendedorismo

Trabalho remoto: saiba como implementar de forma eficiente em sua empresa

Publicado por Veja Notícias no dia 07/06/2021 as 11:28

A epidemia do Coronavírus, que se iniciou no final de 2019 e começo de 2020, e segue até hoje, especialmente no Brasil, provocou uma série de mudanças em diversos aspectos e setores. Uma das mudanças foi em relação a como as empresas adotaram o trabalho remoto em massa como forma de manter suas atividades.

Por conta das restrições que foram necessárias devido a contaminação desenfreada da Covid-19, sendo que uma das atenções é em relação a circulação de pessoas, a maioria das empresas ficaram impossibilitadas de utilizar suas instalações para trabalho presencial.

Nesse cenário, trabalhos que não são possíveis de realizar de forma remota sofreram de forma mais grave, muitos inclusive tiveram de fechar, principalmente pequenos comércios que contavam apenas com o ponto físico. 

Com isso, a atividade remota se tornou a principal solução para que as atividades de diversas empresas continuassem funcionando. Como muitas operações, de diferentes segmentos, são feitas pelos computadores, o trabalho acaba não sendo totalmente prejudicado.

Pontos positivos

Apesar de ser uma mudança, ao menos nesse período, forçada, a atividade remota tem diversos pontos positivos, confira: 

Economia de recursos

Um ponto interessante do trabalho remoto para as empresas é a economia de recursos e corte de gastos estruturais. 

Durante esse período, é natural que as empresas mantenham seus espaços físicos para uma volta futura, mas nesse tempo elas diminuem os custos estruturais, principalmente com a energia e água.

Além disso, como os funcionários não precisam mais se locomover até o ambiente da empresa, não é necessário o recebimento de alguns auxílios bônus, como vales refeição e de transporte.

Aumento da produção 

O trabalho remoto proporciona alguns benefícios em relação a rotina dos funcionários das empresas. 

Por exemplo, como os  funcionários passaram a trabalhar nas suas casas, ou em um escritório próprio, eles podem organizar seus horários de uma forma mais livre, conforme a cultura empresarial.

Entendendo tudo que envolve essas mudanças, a maioria das empresas dá uma liberdade maior para que os funcionários se organizem da maneira como eles acham necessário e encontrarem na flexibilidade os melhores períodos para a produção. 

Somando essa organização individual e maior flexibilidade de horários, com o tempo maior para realizar as tarefas diárias, principalmente porque o tempo despendido com condução é reduzido, a tendência é que a produção aumente consideravelmente.

Além disso, outros aspectos que envolvem essa mudança são determinantes para que os profissionais aumentem a sua produtividade, tais como:

  • Conforto de se trabalhar em casa;
  • Privacidade na hora do trabalho;
  • Maior dedicação a outros aspectos sociais;
  • Otimização dos horários.

Pontos de atenção 

Apesar de muito vantajosa, alguns pontos merecem mais atenção ao estabelecer o trabalho remoto, de modo que as atividades sejam realmente otimizadas e até para favorecer a produção nesse ambiente. 

Assim, é importante conhecer esses aspectos para avaliar quais as melhores soluções e ferramentas para reduzir o impacto na rotina dos trabalhadores.

Problemas com a organização

Ao mesmo tempo que o trabalho remoto proporciona que os trabalhadores otimizem seu tempo e consigam aumentar sua produtividade, ele pode atrapalhar na mesma medida, dependendo exclusivamente da capacidade das pessoas se organizarem.

Por isso é crucial que os profissionais saibam organizar o espaço de trabalho, os horários que precisam estar trabalhando para cumprir as metas e estipular as atividades que são prioridade. Com isso feito de forma adequada, certamente ele terá um ganho na produtividade. 

Entretanto, caso ele não consiga fazer isso, pode acarretar no acúmulo de tarefas, o que gera estresse e dificuldade em entregar as demandas. 

De modo a reduzir esse risco, ferramentas para gerenciamento e controle de atividades podem ser disponibilizadas, permitindo que as rotinas sejam melhor administradas, impactando nos resultados individuais e da equipe como um todo.

Problemas de comunicação

Por diminuir o contato direto entre as pessoas, a comunicação, tanto entre os funcionários de uma empresa, como também trabalhadores e clientes, pode ser dificultada. 

Nem sempre as conversas por plataformas digitais são conclusivas, podendo faltar informações que são fundamentais para a efetivação de alguma tarefa ou venda, por exemplo.

Por isso, é necessário realizar algumas adequações e adotar posturas para otimizar a comunicação da equipe nessas novas mídias, visto que a tendência do mercado é se adequar para o ambiente digital.

Segurança de dados

Como o trabalho remoto é muito dependente de tecnologias digitais, como computadores e smartphones, é muito importante que as empresas busquem formas de garantir a segurança de dados internos nesse novo ambiente, para que eles não sejam vazados.

Uma das estratégias mais comuns utilizadas pelas empresas é a Non Disclosure Agreement (NDA), que é um acordo de confiabilidade entre os empresários e colaboradores. 

Esse acordo garante a segurança e proteção dos dados tratados entre as partes, dando o respaldo jurídico para que a empresa tenha resguardo caso aconteça algum vazamento indesejado.

Existem ainda outras formas da empresa garantir a segurança de dados do trabalho interno, como ter uma política de confiança fortalecida e investir no Potencial de Integridade Resiliente (PIR).

Há ainda ferramentas que limitam o acesso aos documentos e sistemas, permitindo um melhor controle sobre as informações passadas aos colaboradores ou mesmo clientes e fornecedores.

Integração da equipe com os clientes

No trato entre funcionários e clientes, por exemplo em uma empresa que trabalha com vendas, a organização, integração e a comunicação é fundamental, e sem esses aspectos todo o trabalho pode ser prejudicado.

É justamente por isso que, nesse momento, é muito importante que as empresas utilizem ferramentas apropriadas para os canais digitais, como a ferramenta CRM.

Basicamente, esse software ajuda na organização dos cadastros de clientes, atendimentos, processos de vendas, e outros serviços importantes, bem como o registro de informações pertinentes para os próximos contatos.

Sem uma organização adequada, ainda mais que o contato direto e presencial entre a empresa e os clientes está impossibilitado, as informações poderiam ser perdidas ou confundidas durante as etapas de trabalho com esses clientes, o que poderia acarretar em diversos problemas. 

Dessa maneira, o CRM, que é a sigla designada para, no português, gestão de relacionamento com os clientes, é uma excelente ferramenta, ainda mais para quem está desenvolvendo as atividades de forma remota.

Com isso, a gestão consegue acompanhar as atividades realizadas pela equipe e avaliar possíveis ofensores para o rendimento, do mesmo modo que os colaboradores podem registrar as atividades realizadas e pendentes e evoluções nas tratativas com os clientes.
Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Top News Tech, site voltado para a veiculação de conteúdos ricos e relevantes para empresas de diversos nichos, bem como estratégias que contribuem para o desenvolvimento do negócio.

Veja Notícias

Veja Notícias

O Veja Notícias é um portal de variedades para leitores de todo o Brasil.

Outros artigos

O que faz um tribunal de contas municipal?

12 de agosto de 2021

O que faz um tribunal de contas municipal?

De forma geral, o tribunal de contas municipal é responsável pela fiscalização e controle da receita e despesas de uma cidade; saiba mais  Os tribunais de contas...