Publicado por Veja Notícias no dia 22/09/2021 as 14:17

Antes de mais nada, cada vez mais as pessoas compram produtos através da internet, assim como aumenta o número de negócios online. Nesse sentido, aprenda como criar uma loja de roupa infantil online.

Planejamento

Segundo pesquisa do Sebrae sobre a Sobrevivência de Empresas (2020), a taxa de mortalidade dos microempreendedores é de 29%. Além disso, as microempresas têm uma taxa, após cinco anos, de 21,6% e as de pequeno porte, de 17%.

Por isso, um plano de negócios é importante. Afinal, é através dele que você vai planejar a criação da sua loja de roupa infantil online. Então, nele devem constar essas informações:

  • Sobre o que é exatamente o seu negócio.
  • Quais são os seus objetivos principais;
  • Como você vai alcançar esses objetivos;
  • Aspectos operacionais, como produção, distribuição, marketing.

Além disso, é importante estar atento às tendências do mercado.

Marca da loja virtual

Em primeiro lugar, todo negócio precisa de uma marca (Branding). Dessa forma, para criar a sua marca, você precisa definir quem é o seu público-alvo, audiência, quais produtos você vai vender e como você vai vender os produtos.

Em seguida, pense em um nome para loja de roupa infantil. Então, o ideal é que seja curto, fácil de lembrar e falar.

Onde comprar roupa infantil para revender?

Essa é uma escolha delicada. Então, solicite uma amostra do produto e analise a qualidade dele. Afinal, você vai pagar por ele.

Além disso, nenhuma mãe quer comprar em uma loja de roupa infantil online que vende roupas de baixa qualidade.  Sem falar que produtos de baixa qualidade geram feedbacks negativos.

Para quem tem problemas com espaço para estoque, é possível usar o sistema de dropshipping ou estoque na fonte.

Ao optar por esse sistema, o armazenamento fica por conta de uma outra empresa, responsável pelo contato entre o fornecedor e o cliente.

Registro da loja

Uma loja de roupa infantil online é um negócio. Portanto, necessita de documentos que variam de acordo com a região. Você tem que escolher uma estrutura de negócios e registro de CNPJ junto à Receita Federal.

Em caso de dúvidas, é interessante procurar o Sebrae ou até mesmo um advogado ou contador para te orientar.

Crie o site da sua loja de roupa

Finalmente, a etapa em que a sua loja começar a ganhar formato.

Para criar o site da sua loja de roupa infantil escolha uma plataforma de e-commerce. Essas plataformas permitem que você mesmo crie o seu site. Isso significa mais liberdade para escolher o melhor design e proporcionar uma melhor experiência para o cliente.

Plataformas para e-commerce

Algumas plataformas de e-commerce que você pode usar são:

  • WooCommerce – na verdade  é um plugin do WordPress através do qual você transforma seu site em uma loja virtual.
  • PrestaShop – plataforma de código aberto usada unicamente para criação de lojas online. Basta fazer o download do software e instalá-lo no seu site de hospedagem grátis.
  • Magento – a preferida das grandes corporações.

Personalize o design

Já comentamos neste artigo sobre ter uma marca e sobre experiência do usuário. Portanto, o design precisa ser responsivo, de fácil navegação, carregamento rápido e acompanhar a identidade visual da sua marca.

Configuração da loja virtual

Essa é a hora de cadastrar os produtos. Use boas imagens. Coloque todas as informações possíveis para ajudar o cliente a escolher o produto.

Ofereça várias opções de pagamento como cartão de crédito, boleto e pix.

Divulgue sua loja de roupa infantil

Para vender suas roupas, você precisa ser encontrado. Então, use as redes sociais para promover a sua loja. Produza conteúdos que ajudem seu público.

Além das redes sociais, utilize anúncios pagos para atrair mais clientes. Quanto mais você é visto, maiores são as chances de venda.

Agora que você já sabe como criar uma loja de roupa infantil online não perca mais tempo e comece já a sua. Para mais conteúdos como esse, continue acompanhando o nosso site.

Veja Notícias

Veja Notícias

O Veja Notícias é um portal de variedades para leitores de todo o Brasil.

Outros artigos