Casa e Jardim

Orçamento de obra: passo a passo para o orçamento perfeito!

Publicado por Veja Notícias no dia 26/08/2021 as 17:53

O orçamento de uma obra é algo muito importante para o projeto sair como o esperado, mas nem todos sabem quanto custa construir uma casa e quais os custos que envolvem uma construção. Por isso, vamos te explicar passo a passo o orçamento perfeito para você construir ou reformar um imóvel. 

Um documento muito importante durante a realização de uma obra e que não é fornecido por nenhum órgão específico, mas é imprescindível para que a construção saia como o planejado – orçamento de obra. 

Assim, ele é utilizado para que o projeto seja viável, evite problemas, desperdícios e para que fornecer o valor necessário para realizar a obra, do começo ao fim. Ou seja, desde a concepção do projeto até a entrega do imóvel, sendo considerado os custos dos materiais, mão de obra e outros pontos importantes na hora de construir. 

Quer saber como fazer orçamento de obra perfeito? Então, confira nosso passo a passo!

Como fazer cálculo de orçamento de obra?

Para saber como fazer o orçamento de obra, é preciso seguir o passo passo:

  1. Utilize o projeto executivo
  2. Tenha o memorial descritivo
  3. Faça o cálculo dos custos
  4. Adicione o lucro
  5. Inclua as taxas e impostos
  6. Faça o cálculo do BDI

Ao ver esse passo  a passo, você pode até pensar que é difícil de realizar o orçamento de obra, mas vamos explicar cada uma dessas etapas. Confira!

1. Utilize o projeto executivo

Primeiramente, para realizar o orçamento da obra é preciso utilizar o projeto executivo. O projeto executivo possui desenhos que permitem ao profissional saber as informações corretas para fazer os cálculos da execução da obra. 

2. Tenha o memorial descritivo

Ter o memorial descritivo também é um passo importante para fazer o orçamento da obra. Para isso, os profissionais responsáveis pelo projeto devem colocar neste documento informações, como os materiais que serão utilizados na construção.

O memorial descritivo é um documento fundamental para fazer os cálculos da construção, sendo um direito garantido por lei para pessoas que compram imóvel na planta, por exemplo, conforme consta na Lei Nº 4.591.

Algumas informações dispostas no memorial descritivo:

Dados da obra

Objetivo da construção, proprietário, área construída, escritura,  localização, dados dos profissionais da obra – engenheiros e arquitetos, entre outras informações.

Serviços preliminares

Necessários antes do início da obra, como:

  • Aterro
  • Preparo e movimentação da terra
  • Construção para os profissionais utilizarem como canteiro de obras

Lembre-se: ao colocar os serviços preliminares, não se esqueça de listar todos os equipamentos necessários, profissionais envolvidos e prazo de execução das atividades. 

Etapas da obra

Essa parte deve descrever as etapas da construção, da seguinte forma:

  • Fundação
  • Paredes do imóvel
  • Esquadrias e vidros
  • Pisos e revestimentos
  • Cobertura
  • Instalações elétricas e hidráulicas
  • Pavimentação 
  • Pintura
  • Metais
  • Louças
  • Mobiliário
  • Limpeza da obra
  • Verificação final da construção 

Além do memorial descritivo ser realizado por um profissional, o documento também deve seguir as normas impostas para edificações habitacionais da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) – a NBR 15575.

3. Faça o cálculo dos custos

Para fazer o cálculo preciso dos custos da obra, é preciso considerar os custos indiretos e decorrentes. Para isso, o profissional deve fazer uma análise da área da construção, por metro quadrado. 

Custos decorrentes da obra:

  • Instalações
  • Estruturas
  • Louças
  • Revestimentos
  • Metais

Custos indiretos da obra:

  • Consumo de energia elétrica, água e telefone
  • Mão de obra terceirizada
  • Gastos com transportes até a obra e demais deslocamentos para comprar e realizar atividades necessárias para a construção
  • Seguros
  • Salários
  • Equipamentos

Nesta etapa, é importante revisar todos os itens para realizar o orçamento de obra sem esquecer nenhum custo, pois isso pode impactar a reserva financeira para cobrir eventuais imprevistos. 

4. Adicione o lucro

Se você vai realizar a construção para obter lucro, ele também deve ser adicionado ao orçamento de obra. Dessa forma, a somatória necessária é de custos mais lucros, obtendo o custo de venda do imóvel, cobrindo o que foi gasto para a execução da obra e o valor de lucro com a propriedade. 

5. Inclua as taxas e impostos

Outro ponto que não pode ser esquecido no orçamento de obra é a inclusão das taxas e impostos, afinal, eles também impactam diretamente nos custos do projeto. 

Ao definir os custos e etapas anteriores, já é possível saber o orçamento de obra. 

Por ser uma etapa importante da obra, o orçamento deve ser feito, de preferência, por um profissional capacitado para atuar na área de construção civil ou financeira, como:

  • Engenheiro
  • Arquiteto
  • Contador
  • Analista
  • Técnico especializado na área 

6. Faça o cálculo do BDI

Os Benefícios e Despesas Indiretas (BDI) ou Budget Difference Income permite que o percentual seja adicionado o lucro aos custos. 

Dessa forma, os ganhos podem ser maximizados. Apesar de não ser um cálculo simples de ser feito, já é possível encontrar soluções como software que realizam esse cálculo de maneira simples. 

O BDI é indicado para obter cálculos precisos e como fazer orçamento de obra com maior exatidão, já que cada construção possui suas particularidades e imprevistos. 

Como organizar os gastos de uma obra?

Para saber como fazer orçamento de obra e sua organização, siga o passo a passo:

  • Defina e adquira o terreno ideal para construir
  • Estabeleça o limite máximo do orçamento de obra
  • Entenda o papel de cada profissional 
  • Contrate especialistas
  • Não se esqueça de contratar os serviços de um arquiteto e engenheiro
  • Obtenha a documentação para regularização da obra
  • Compre os materiais necessários para o início da construção ou conforme orientações dos profissionais responsáveis
  • Crie um cronograma contendo todas as informações sobre as atividades que devem ser realizadas e o prazo para conclusão de cada etapa

Além disso, após a compra dos materiais de construção, reserve um lugar protegido para guardá-los, afinal, esses produtos são caros e o cuidado e proteção deles evita a deterioração e danos aos materiais que serão utilizados durante cada fase da obra. 

Agora que você já sabe o que considerar na hora de fazer o orçamento de obra, siga as nossas dicas e acerte ao orçar os custos da construção ou reforma do seu imóvel.

Veja Notícias

Veja Notícias

O Veja Notícias é um portal de variedades para leitores de todo o Brasil.

Outros artigos