Publicado por Veja Notícias no dia 19/08/2021 as 13:24

Considerada uma das frutas mais típicas e saborosas da Amazônia, o açaí é delicioso e traz inúmeros benefícios para a saúde. Confira alguns deles a seguir!

O Brasil é reconhecido por ter uma diversidade de culturas, estilos musicais, paisagens e culinárias. A biodiversidade torna o país um dos maiores produtores mundiais de frutas.

Algumas das frutas originalmente brasileiras são o cupuaçu, o cajá, a acerola, a jabuticaba, goiaba, cacau, maracujá, abacaxi, entre outras. Da Amazônia, vem o famoso açaí — uma das mais apreciadas por brasileiros e estrangeiros.

Além de ter um sabor típico e delicioso, o açaí traz diversos benefícios para a nossa saúde. Veja alguns deles a seguir e capriche na próxima vez que passar na seção de congelados no mercado de seu bairro!

Combate desgaste celular

Essa fruta possui uma alta concentração de antioxidantes, sobretudo as antocianinas, o que a torna um ótimo alimento para combater o efeito prejudicial dos radicais livres.

Essas substâncias provocam o desgaste celular. Ao reduzir processos degenerativos e inflamatórios do sistema nervoso, o açaí é um ótimo aliado na prevenção de problemas como a Doença de Alzheimer. Rico em vitaminas C e E, o açaí é considerado também um ótimo antioxidante. 

Intestino e imunidade

O açaí também possui um ótimo efeito sobre os intestinos, ajudando a regularizar o seu funcionamento. Isso ocorre em função da boa quantidade de fibras que essa fruta possui.

Para termos uma ideia, 100 gramas de polpa de açaí congelada possui 2.6 gramas de fibras, que também ajudam a reduzir a absorção do mau colesterol (LDL) e a produção de colesterol no fígado.

Uma pesquisa desenvolvida pela Universidade Federal do Pará (UFPA) demonstrou que, após 12 semanas de consumo regular de açaí, já é possível ter uma redução significativa da taxa de mau colesterol.

Existem duas substâncias responsáveis por isso. A primeira são as antocianinas — que combatem a oxidação do LDL e, assim, evitam a formação de placas gordurosas nas paredes dos vasos sanguíneos. A outra são os fitoesteróis, que reduzem a absorção de moléculas prejudiciais à nossa saúde 

Imunidade e energia

Uma pesquisa desenvolvida na Universidade Estadual de Montana, nos Estados Unidos, comprovou que o açaí contém a arabinogalactana, substância que estimula a ação do sistema de defesa do nosso organismo. Na prática, isso aumenta a capacidade do corpo na hora de combater infecções provocadas por microorganismos como fungos, vírus e bactérias.

O açaí também é uma ótima fonte de energia, bastante usada por pessoas que praticam atividades físicas de maior intensidade regularmente. Antes da malhação, por exemplo, ele é rapidamente absorvido pelo organismo, garantindo mais disposição para realizar os exercícios.

Ele pode ser consumido antes ou depois dos treinos para ajudar no ganho de massa magra e recuperação muscular. Por fim, este alimento também dá uma sensação de saciedade.

Combate osteoporose

O açaí também é ótimo para quem precisa lidar com problemas nos ossos, como a osteoporose. Isso ocorre porque este alimento possui uma boa concentração de cálcio — mineral que é matéria-prima para a construção e renovação dos ossos.

Além do cálcio, o açaí também é rico em potássio, outro mineral que ajuda a manter o esqueleto fortalecido, evitando desgastes. Para ajudar na absorção de tais nutrientes, uma boa sugestão é consumi-lo com frutas cítricas como o kiwi e a laranja.

Recomendações

Embora o açaí tenha inúmeros benefícios para a saúde, o recomendado é consumi-lo com moderação (entre 100 e 200 gramas, no máximo três vezes por semana). Acima dessa quantidade, o açaí pode começar a trazer alguns problemas como o excesso de carboidratos e até um possível desenvolvimento de diabetes.

Também é recomendado consumi-lo com frutas (banana, coco, maçã, morango) e água de coco no lugar de produtos com excesso de açúcar, como granola, leite condensado e xarope de guaraná.

Veja Notícias

Veja Notícias

O Veja Notícias é um portal de variedades para leitores de todo o Brasil.

Outros artigos